Volkswagen fecha acordo de US$ 351 milhões com ex-executivos envolvidos em escândalo

Empresa admitiu o uso de software ilegal para fraudar testes de emissões de poluentes de motores a diesel nos EUA
-Publicidade-
Escândalo custou à Volkswagen prejuízo de 32 bilhões de euros em reparos de veículos, multas e custas judiciais
Escândalo custou à Volkswagen prejuízo de 32 bilhões de euros em reparos de veículos, multas e custas judiciais | Foto: Divulgação

A Volkswagen anunciou nesta quarta-feira, 9, que chegou a um acordo com ex-executivos envolvidos em um escândalo de fraude em testes de emissões de poluentes. A montadora alemã receberá 288 milhões de euros (cerca de US$ 351 milhões), informa a agência Reuters.

A Promotoria de Berlim acusou o ex-diretor-executivo da empresa Martin Winterkorn de dar falso testemunho ao Parlamento alemão quando afirmou que não tinha conhecimento da manipulação de testes de motores a diesel, após o escândalo ter sido revelado. O ex-executivo deixou o cargo em setembro de 2015. Na ocasião, a Volkswagen admitiu o uso de um software ilegal para fraudar testes nos Estados Unidos.

-Publicidade-

O escândalo custou à companhia um prejuízo estimado em 32 bilhões de euros em reparos de veículos, multas e custas judiciais.

Leia também: Startup Kovi oferece aluguel de carros para motoristas de aplicativo”

No fim de março, a Volkswagen anunciou que reivindicaria indenizações de Winterkorn e Rupert Stadler, ex-chefe da Audi, por violações do dever fiduciário. Como parte do acordo, eles pagarão 11,2 milhões de euros e 4,1 milhões de euros, respectivamente.

O ex-membro do conselho de administração da Audi Stefan Knirsch fez acordo para pagar 1 milhão de euros. O ex-integrante do conselho da Porsche Wolfgang Hatz terá de desembolsar 1,5 milhão de euros.

Leia também: “Países mais ricos apoiam taxação de multinacionais em 15%”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site