Economista-chefe do Banco da Inglaterra crê em rápida recuperação

Em 30 jun 2020, 10:45

Economista-chefe do Banco da Inglaterra crê em rápida recuperação da economia

30 jun 2020, 10:45

Para Andy Haldane, os dados, até o momento, demonstram rápida recuperação da economia do Reino Unido e do mundo

economista-chefe do BoE

A sede do Banco da Inglaterra, em Londres | Foto: Diliff/Wikimedia

O economista-chefe do Banco da Inglaterra (BoE na sigla em inglês), Andy Haldane, afirmou que a economia do Reino Unido pode se recuperar rapidamente da crise causada pela pandemia. “Ainda é cedo, mas minha leitura das evidências até agora é de uma recuperação em V”, disse.

Ele afirmou que os riscos para a perspectiva econômica são “consideráveis” e concluiu: “Apesar de esses riscos, em minha visão, serem menores do que em maio, eles ainda estão distorcidos”. A informação foi divulgada pela agência de notícias Reuters.

Veja também: “Banco da Inglaterra já vê sinais de recuperação”

No início deste mês, Haldane foi o único membro do BoE a votar contra o programa de compra de títulos que o banco está fazendo com o objetivo de incentivar a economia britânica.

Para ele, os dados atuais sugerem que a economia do Reino Unido e do mundo vai mostrar recuperação “mais cedo e mais rápido que qualquer economista anteviu”.

Otimismo não compartilhado

O otimismo de Haldane, no entanto, não é compartilhado pela maioria dos economistas. Eles alegam que nenhuma pesquisa é capaz de projetar uma mudança tão brusca da queda da demanda.

Para o economista-chefe do BoE, caso a recessão seja muito profunda, poderia causar um dano de longo prazo no mercado de trabalho, aumentando a “taxa natural de desemprego”.

Uma maior “taxa natural de desemprego” significa que é mais provável que a inflação aumente com o fortalecimento do mercado de trabalho.

“Historicamente, pandemias não tiveram impacto persistente nos preços. Uma taxa natural de desemprego maior seria uma razão para prestar atenção antes de qualquer conclusão”, afirmou Haldane.

Sobre novos estímulos, Haldane afirmou que está aberto a essa possibilidade. Para ele, o Banco da Inglaterra pode fazer isso novamente, caso se comprove a necessidade.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias