-Publicidade-

Ministro quer ‘lançar sementes’ contra doutrina esquerdista na educação

Milton Ribeiro afirma que a esquerda foi eficaz na guerra ideológica em escolas e universidades
Milton Ribeiro: na luta contra a doutrina esquerdista | Foto: REPRODUÇÃO/JOVEM PAN
Milton Ribeiro: na luta contra a doutrina esquerdista | Foto: REPRODUÇÃO/JOVEM PAN | milton ribeiro - ministro da educação - doutrina esquerdista

Milton Ribeiro afirma que a esquerda foi eficaz na guerra ideológica em escolas e universidades

milton ribeiro - ministro da educação - doutrina esquerdista
Milton Ribeiro: na luta contra a doutrina esquerdista | Foto: REPRODUÇÃO/JOVEM PAN

Alguém que está à disposição para ajudar o governo federal a implementar políticas que visem combater a doutrina esquerdista em escolas e universidades espalhadas em todo o país. É assim que o ministro da Educação, Milton Ribeiro, se posiciona.

Leia mais: Quem é o novo ministro da Educação

No cargo desde julho, ele não tem dúvidas de que a esquerda brasileira obteve êxito na missão de doutrinar alunos ao decorrer dos últimos anos. Ele afirma que ao menos nesse sentido os esquerdistas foram superiores a integrantes da direita do país.

“Nesse ponto, a esquerda brasileira foi muito mais sábia estrategicamente. Ela teve oportunidade e fez isso [doutrinou ideologicamente] com certa maestria”, disse Ribeiro. A afirmação foi registrada na edição de hoje de Os Pingos nos Is, programa da Jovem Pan que tem em seu time os jornalistas Augusto Nunes e Guilherme Fiuza, colunistas da Revista Oeste.

Reversão

Ele destacou, contudo, que um dos seus objetivos à frente do Ministério da Educação é justamente reverter o quadro em que, conforme cita, um adolescente “sabe como colocar uma camisinha, mas não sabe regra de três”.

“Quero pelo menos lançar sementes”

“É possível, com uma gestão pró-ativa em termos de valores, resgatar [o sistema educacional]“, afirmou o ministro. “Talvez não seja eu quem faça isso, mas quero pelo menos lançar sementes [contra a ideologia de esquerda no ambiente educacional]“, complementou Ribeiro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês