-Publicidade-

Covas sepulta candidatura de Boulos e garante reeleição

Tucano conseguiu 3.060.905 de votos, contra 2.093.471 do adversário de extrema esquerda
| Foto: Divulgação/Estadão Conteúdo
| Foto: Divulgação/Estadão Conteúdo | | Foto: Divulgação/Estadão Conteúdo

Tucano conseguiu 3.169.121 de votos, contra 2.168.101 do adversário de extrema esquerda

covas sepulta candidatura
Prefeito mantém hegemonia do PSDB na capital paulista | Foto: Divulgação/Estadão Conteúdo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), vai ficar mais quatro anos no comando da maior metrópole do Brasil. Com 100% das urnas apuradas, o tucano consolidou vitória sobre o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos (Psol). De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, o candidato do PSDB tem 3.169.121 dos votos, contra 2.168.101 do adversário.

A vitória de Covas traz consigo o apoio do MDB, em razão do vice Ricardo Nunes, que ajudará na governabilidade ao atual prefeito. Os tucanos possuem 8 cadeiras na Câmara Municipal. Somado aos parlamentares emedebistas, vão ter 11 vereadores à disposição para aprovar medidas de interesse do Executivo. Projeções de Oeste anteciparam que Covas e Boulos chegariam ao segundo turno.

Veja quem lidera a disputa em SP e RJ nas buscas do Google

Leia também: “Mais de 500 mil já justificaram ausência no 2º turno”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Temos um problema. Não, não temos um problema!
    Boulos sabia q São PAULO é muito p a sua cognição abaixo ainda de Lula.
    Queria aparecer. Apareceu p 45% de paulistas bundões. Haja cocô fedorento né Sabesp?
    O BRASIL acordou. SP continua se dissolvendo.
    PSDB nada representa para o MUNDO BRASIL.

  2. Quando votamos sempre erramos, no geral no Brasil a escolha é entre o horripilante e o péssimo. O brasileiro sempre erra quando vota , não porquê não sabe votar.

  3. PSOL/PT e PSDB são como ratos e esquilos, ambos são roedores transmissores de doenças mas o esquilo é mais “bonitinho”. São Paulo definhando e seguindo os passos do RJ.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês