-Publicidade-

Votação apertada define vitória do MDB em Cuiabá

Emanuel Pinheiro seguirá no comando da capital de MT
Emanuel Pinheiro seguirá como prefeito de Cuiabá | Foto: Reprodução/Facebook
Emanuel Pinheiro seguirá como prefeito de Cuiabá | Foto: Reprodução/Facebook | emanuel pinheiro - prefeito reeleito em cuiabá

Emanuel Pinheiro seguirá no comando da capital de Mato Grosso

emanuel pinheiro - prefeito reeleito em cuiabá
Emanuel Pinheiro continuará prefeito de Cuiabá
Foto: Reprodução/Facebook

O candidato do MDB à prefeitura de Cuiabá faturou a reeleição neste domingo, 29. Em votação apertada, Emanuel Pinheiro superou a concorrência de Abílio Júnior (Podemos) e exercerá novo mandato à frente do Executivo da capital de Mato Grosso a partir do início do próximo ano.

Leia mais: “Psol chega ao poder em Belém”

No segundo turno realizado hoje, Pinheiro ficou com 51,2% dos votos válidos. Abílio, por sua vez, apareceu com 48,8%. No primeiro turno, as posições ficaram invertidas. O candidato do Podemos obteve mais de 30%, enquanto o emedebista registrou 30%.

Para a campanha que terminou com sua recondução ao cargo de prefeito de Cuiabá, Pinheiro promoveu uma verdadeira sopa de letrinhas na composição de chapa. Denominada A Mudança Deve Continuar, a coligação contou com apoio formal de outros dez partidos, além do MDB. Estiveram com ele PMB, PTC, Solidariedade, PV, Republicanos, PL, PSDB, PTB, PP e PCdoB.

Mesmo prefeito, novo vice

Em 2021, o prefeito de Cuiabá seguirá o mesmo: Emanuel Pinheiro. O vice, contudo, será outro. Em vez de contar com Niuan Ribeiro — que fora escolhido para a função no pleito de 2016 —, o emedebista terá como aliado e substituto eventual José Roberto Stopa (PV).

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês