Em velório, família encontra corpo de desconhecida e descobre que idosa com covid-19 está viva - Revista Oeste

Em 5 Maio 2020, 13:35

Em velório, família encontra corpo de desconhecida e descobre que idosa com covid-19 está viva

5 Maio 2020, 13:35

Secretaria de Saúde do Pará assume o erro e culpa a sobrecarga do sistema funerário durante a pandemia de coronavírus

Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Maria da Conceição Oliveira, de 68 anos, deu entrada no Hospital Dr. Abelardo Santos, em Belém (PA), depois de ser diagnosticada com a covid-19. No dia seguinte, os familiares receberam o atestado de óbito da idosa.

Providenciaram o velório. Contudo, ao serem informados pela funerária das características físicas de Maria, os parentes desconfiaram não se tratar dela.

O neto, então, abriu o caixão. Viu outra pessoa. Foi aí que decidiu procurar pela avó. Encontrou a idosa no mesmo hospital onde ficara internada. Segundo os médicos, houve erro no momento de assinar o atestado de óbito.

Esse é um dos vários exemplos que retratam o colapso dos sistemas de saúde e funerário na região metropolitana de Belém. Parentes relatam que, em alguns casos, o corpo do familiar fica até 20 horas em casa até uma ambulância chegar para retirá-lo.

O portal G1, que divulgou a informação, obteve uma nota da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) que confirma o erro cometido com Maria da Conceição. A Sespa culpa a sobrecarga do sistema funerário durante a pandemia de coronavírus, que também atingiu o Estado.

“Com a abertura do hospital para pronto-socorro, os procedimentos e rotinas foram totalmente alterados. Os problemas estão sendo identificados e, dentro do possível, corrigidos. Estamos lutando para dar dignidade às famílias”, informa o documento.

Atualmente, o Pará contabiliza 4.055 casos confirmados de coronavírus, 320 mortes e 2.242 pessoas recuperadas da covid-19.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias