Estados Unidos querem reformular OMS com ajuda brasileira

Edição da semana

Em 24 ago 2020, 18:10

Estados Unidos querem reformular OMS com ajuda brasileira

24 ago 2020, 18:10

Ideia do presidente americano Donald Trump é acabar com influência chinesa na entidade e recriar estruturas da agência

reformulação, oms, estados unidos, donald trump, jair bolsonaro, g7, g20

Trump conta com o Brasil de Bolsonaro para reformular a OMS | Foto: The White House

O governo dos Estados Unidos enviou ao governo brasileiro projeto para a reformulação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A ideia é acabar com a influência da China na entidade e recriar as estruturas da agência.

A estratégia da Casa Branca é aprovar o plano no G7 (grupo das sete maiores economias do mundo), que neste semestre está sob o comando do presidente americano Donald Trump.

Depois, a questão seria levada ao G20, onde o Brasil seria apoio essencial para uma aprovação da proposta.

Com o apoio dos dois grupos, a entidade não poderia deixar de aceitar o projeto de reformulação, já que, mesmo sendo formada por mais de 190 países, as 20 maiores economias do planeta estariam de acordo sobre mudar as determinações sobre a agência.

Desde o início da pandemia, a OMS tem sido bastante questionada por sua postura duvidosa em questões relevantes, como a complacência com a China em comunicar a gravidade da situação e a demora em declarar uma pandemia, quando o vírus já se disseminava pela Europa.

Todas essas questões levaram Donald Trump a retirar o financiamento americano da instituição no final de maio e irritaram até mesmo o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que ameaçou deixar a entidade também. 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. Estão certos. OMS só fez besteiras nesta pandemia.

    Responder
    • É só desmobilizar a rataiada da Esquerda, limpar a entidade, desinfectar do vírus da burrice e do oportunismo que infesta a sociedade pelo planeta. Mas isso é culpa do Conservador mesmo: quis cuidar da sua própria vida, enquanto seu país era exaurido pela Esquerda.

      Responder
  2. Perfeito, o problema não só são as besteiras feitas, mas a maldade por trás para proteção da China. Isso é imperdoável numa organização que se propõem a resguardar o interesse de todos.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O crime acima de todos

Não é que as instituições estejam funcionando mal, ou passando por alguma anomalia — ao contrário, elas são organizadas de maneira a tornar inevitáveis resultados como o que beneficiou André do Rap

O “cancelamento” contra a arte

Caso a sociedade se submeta a essa versão gourmetizada do stalinismo, nossos filhos e netos não terão o que ler, ouvir ou assistir

A segunda onda de hipocrisia

Em que pesem as comprovações de ineficácia dos lockdowns, enganadores como Emmanuel Macron fingem ter um mapa de bloqueio de contágio

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

O capitalismo pode salvar o mundo?

O sistema não é uma ideologia de laboratório, como o comunismo. É uma força viva, dinâmica, que há milênios se aperfeiçoa na satisfação das necessidades humanas

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês