-Publicidade-

Ações do Twitter despencam depois de suspensão a Trump

Desde o dia 4, a companhia chegou a perder quase 14% de seu valor de mercado
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: Divulgação/Casa Branca
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: Divulgação/Casa Branca | trump - facebook

Desde o dia 4, a companhia chegou a perder quase 14% de seu valor de mercado

trump - facebook
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: Divulgação/Casa Branca

Depois de anunciar a suspensão permanente da conta do presidente Donald Trump, o Twitter enfrenta mais um dia de desvalorização no mercado de ações nesta segunda-feira, 11. A empresa norte-americana é listada na Nasdaq. No pregão da sexta-feira 8, mesma data em que aconteceu o bloqueio da conta do presidente norte-americano, a companhia encerrou listada em US$ 51,48 a ação. Na abertura de hoje, esses mesmos ativos foram negociados por US$ 47,09 a ação — queda de 8,5%.

Desde 6 de janeiro, quando ocorreu a primeira suspensão do perfil de Trump, os papéis da companhia estão em queda. A máxima no pregão no último dia 6 atingiu US$ 54,50 o valor da ação. Em comparação com a abertura do mercado de hoje, a desvalorização chegou a 13,59%.

No começo da tarde de hoje, as ações continuavam desvalorizadas. Por volta das 14h no horário de Nova York (16h em Brasília), a cotação bateu US$ 48,17 a ação.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês