EUA e Israel coordenaram sanções contra o TPI - Revista Oeste

Em 12 jun 2020, 12:30

EUA e Israel coordenaram sanções contra o TPI

12 jun 2020, 12:30

Tribunal Penal Internacional está investigando supostos crimes de guerra cometidos por tropas norte-americanas no Afeganistão

Israel - TPI - sanções - funcionários

Sede do TPI em Haia, na Holanda | Foto: Hypergio/Wikimedia

Israel coordenou com o governo norte-americana a ordem executiva que permite sanções a funcionários do Tribunal Penal Internacional (TPI), que estão investigando supostos crimes de guerras cometidos por tropas dos EUA no Afeganistão.

De acordo com autoridades israelenses ouvidas pelo The Jerusalem  Post, a visita de Mike Pompeo ao país no último mês foi para discutir justamente isso.

Veja também: “EUA querem que Israel corte laços com a China”

Yuval Steinitz, ministro responsável por defender Israel no TPI, participou da encontro e pressionou para que o secretário de Estado dos EUA impusesse sanções aos membros da corte internacional.

No documento em que anunciou as sanções contra membros do TPI, o governo norte-americano cita entre os motivos que o tribunal possui uma motivação anti-Israel.

Israel e os EUA não reconhecem a legitimidade do Tribunal Penal Internacional.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias