Facebook manterá perfis bolsonaristas no ar fora do Brasil - Revista Oeste

Em 31 jul 2020, 13:10

Facebook manterá perfis bolsonaristas no ar fora do Brasil

31 jul 2020, 13:10

Rede social vê extrapolação da jurisdição brasileira em decisão do ministro Alexandre de Moraes e recorrerá ao STF

alexandre de moraes, facebook, stf, censura, jair bolsonaro, bolsonarismo

Facebook não acatou tentativa de censura internacional de Alexandre de Moraes
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O Facebook não vai retirar do ar perfis bolsonaristas fora do Brasil. A rede social de Mark Zuckerberg não cumprirá a decisão de ontem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, pois vê como extrapolação da jurisdição brasileira ser obrigada a aplicar a censura no resto do mundo.

“Respeitamos as leis dos países em que atuamos. Estamos recorrendo ao STF contra a decisão de bloqueio global de contas, considerando que a lei brasileira reconhece limites à sua jurisdição e a legitimidade de outras jurisdições”, esclareceu em nota a assessoria de imprensa do Facebook.

De acordo com apuração da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, a companhia acredita que bloquear perfis internacionalmente, por uma decisão local como a de Moraes, poderia criar um precedente danoso ao funcionamento da plataforma.

Se juízes de diversos países resolvessem suspender conteúdos globalmente, o espaço de atuação do Facebook ficaria bastante limitado.

A rede social retirou do ar no Brasil os perfis solicitados pelo ministro em 24 de julho. Entre os prejudicados estão Roberto Jefferson (PTB), a ativista Sara Winter e o blogueiro Allan dos Santos.

Moraes determinou que as plataformas tirassem os perfis do ar internacionalmente ao perceber que, ao mudar a localização de seus perfis, eles continuavam publicando conteúdo.

Já o Twitter acatou a decisão, ainda que, como o Facebook, vá recorrer dela.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 Comentários

  1. Até quando irão taxar o Allan dos Santos de blogueiro?!!!
    Bem, já estão chamando o Lacombe de YouTuber, então…

    Responder
  2. Só a PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado nos compete. A PRESTAÇÃO DE CONTAS c o CONGRESSO é IMINENTE. Em MG já copiamos Anastasia e Rodrigo Pacheco. A isenção e incompetência os eliminou da política. Tudo sempre passou e passará pelas Minas Gerais. Acabamos com Pimentel e confirmamos o “golpe” contra a estupidez, a representante do ATRASO., dilmAnta comuna revolucionária.

    Responder
  3. Facebook determina que autoritarismo só nacional.

    Responder
    • Nem.no Brasil essa censura deveria ser acatada. Que as cortes internacionais coloque nosso judiciário nós trilhos. A democracia brasileira está sofrendo agressão.nao há democracia com censura e perseguição. Aliás, seletiva censura pois não atinge as agressões da esquerda

      Responder
  4. O efeito bumerangue se inicia…

    Responder
  5. É muita lambança. E depois querem ser respeitados. Como?

    Responder
  6. Esse senhor vai se arrepender desta sanha insana. Nunca o STF foi tão desmoralizado. Agora mundialmente.

    Responder
  7. Essa gente que está no STF não estuda? Claro, tem uns ali que são burros mesmo, juridicamente, tipo Toffolli. Mas o concerto entre eles é evidente, eles querem destituir (vigiemos o TSE) o Presidente eleito, e também implementar – mediante ativismo escancarado que a Constituição não autoriza – aquilo que, aos seus alvedrios, é o programa do progressismo esquedopata. Claro que a opinião e a ideologia são livres mas devem ser defendidas com lealdade, sem manipulação e sem uso de meios tergiversionistas e violentos, como sóe acontecer.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias