Fachin homologa acordo da PGR que implica Renan - Revista Oeste

Edição da semana

Em 28 set 2020, 18:03

Fachin homologa acordo da PGR que implica Renan

28 set 2020, 18:03

Durval da Costa é considerado o ‘homem da mala’ do senador alagoano

fachin

O senador Renan Calheiros | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin homologou nesta segunda-feira, 28, um acordo de não persecução penal assinado pela Procuradoria-Geral da República com Durval Rodrigues da Costa, apontado como operador financeiro do senador Renan Calheiros (MDB-AL). Costa garante que entregava dinheiro para o parlamentar em 2014. A papelada de Durval será usada na Operação Alaska, conduzida pela Polícia Federal (PF) e que apura pagamentos do grupo J&F a senadores do MDB.

Leia também: “Caixa 2: PF afirma que Renan Calheiros recebeu R$ 500 mil da Odebrecht”

Em depoimento já prestado à PF, Durval confirmou que levou malas de dinheiro a Alagoas, que totalizaram R$ 3,8 milhões, a pedido de Ricardo Saud, então diretor da J&F. O operador financeiro confessa formalmente ter cometido o crime de corrupção ativa e se compromete a prestar serviços à comunidade pelo período de um ano, um mês e dez dias. Além disso, ele vai pagar multa no valor de R$ 40 mil, calculado com base na gravidade dos fatos que relatou à Justiça.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. Kkkk, isso é um teatro. Esse cangaçeiro tem metade do congresso e stf nas mãos. Se ele cai leva todo mundo. Esse é o perfeito símbolo do atraso e impunidade em que vivemos.

    Responder
  2. A justiça brasileira, para os poderosos e endinheirados, é uma falácia. Ela só é implacável para os ladrões de galinha. Causa-me espanto o fato de esse coronel das Alagoas ainda estar solto. O que mais falta para engaiolá-lo? Vontade e vergonha na cara da justiça.

    Responder
  3. É fake. Pergunte à INJUSTIÇA BRASILEIRA.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês