ONU levou 10 anos para descobrir que a Venezuela é uma ditadura

Edição da semana

Em Em 18 set 2020, 21:21

Fiuza: ONU levou 10 anos para descobrir que a Venezuela é uma ditadura

18 set 2020, 21:21

Colunista da Revista Oeste ironiza atraso por parte da Organização das Nações Unidas

guilherme fiuza - relatório da onu sobre a venezuela

O jornalista Guilherme Fiuza. Postura da ONU contra Maduro é válida, apesar de tardia
Foto: Reprodução/Jovem Pan

O mais recente parecer da Organização das Nações Unidas (ONU) a respeito da Venezuela pautou a edição desta sexta-feira, 18, de Os Pingos nos Is. Colunista da Revista Oeste e comentarista do programa da rádio Jovem Pan, Guilherme Fiuza ironizou a situação.

Leia mais: “Argentina e o fantasma da venezuelização”

“O relatório da ONU está atrasado mais ou menos uns dez anos”, afirmou Fiuza. Conforme noticiado por Oeste, a entidade internacional afirmou que o ditador Nicolás Maduro é responsável por série de crimes contra a humanidade. De acordo com trecho do material divulgado nesta semana, o político venezuelano “ordenou ou contribuiu” com:

  • Assassinatos;
  • Torturas;
  • E outras violações.

Entretanto, o relatório não detalha os crimes de Maduro.

O colunista da Revista Oeste prosseguiu nesse sentido. “Levaram uma década para perceber que o regime chavista na Venezuela era uma ditadura sanguinária.” O jornalista considerou Maduro “mais brutal” que seu antecessor. Isso porque Hugo Chávez comandou o país sul-americano durante anos.

MAIS: Deputado deixa a prisão após 2 anos, mas…

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 Comentários

  1. Fiuza sempre preciso.

    Responder
  2. A racionalidade impera neste site , gostaria de um telefone pra falar com o responsável por assinaturas

    Responder
  3. Acompanho Fiúza no Pingos nos Is. Ele coloca luz sobre os fatos. Inteligência ímpar.

    Responder
  4. Grande Fiuza !
    Dá gosto lê-lo ou ouvi-lo.

    Responder
  5. A ONU demorou 10anos pra concluir os crimes praticados por Maduro.
    Nossos políticos de esquerda e sua militância, até agora ainda defendem a democracia na Venezuela.
    Inocentes úteis, comunistas enrustidos, terroristas ou corruptos mal caráter?

    Responder

  6. ESQUERDA ESQUECIDA
    Transcorridos + de 100 anos da Rev. que instalou o Comunismo Soviético!
    Quase 90 anos do Genocídio Ucraniano – Holodomor, que, entre 1932/33, por imposição de STALIN, entre 1,8mi a 9 milhões, pereceram de FOME!
    Enver Halil Hoxha – Pres., e ao mesmo tempo ´´carrasco´´ do povo Albanês…
    Mao Tsé Tung / Fidel / etc…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O partido contra o Brasil

Ninguém ainda descobriu no planeta um jeito tão eficaz de concentrar renda quanto a fórmula usada para administrar as contas públicas no país

A paciência acabou

Os brasileiros começam a reagir à cassação dos direitos individuais

Os novos senhores do mundo

Os gigantes da tecnologia censuram Trump, fazem o que bem entendem e exercem um poder global desmedido. Isso é justo?

Eficácia

“Você demorou muito a comprar. Eficácia depende de rapidez” / “Poxa… Se eu soubesse teria comprado mais rápido. Ando muito dispersivo”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Como surgiu o novo coronavírus?

A resposta mais provável, até o momento: o vírus teve origem em pesquisas com manipulação genética no Instituto de Virologia de Wuhan

Globalistas assanhados com Biden

Eles não costumam viver de fatos, apenas de narrativas. Adotam a visão estética de mundo, e por isso a ONU é seu maior símbolo

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês