Gilmar Mendes critica Bolsonaro por mortes: ignorância não é uma virtude

Edição da semana

Em 9 ago 2020, 15:01

Gilmar Mendes critica Bolsonaro por mortes: ignorância não é uma virtude

9 ago 2020, 15:01

Ministro do Supremo Tribunal Federal disse que o Brasil está “dando o mau exemplo”

Gilmar Mendes

Ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes | Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

Mesmo sem ter contribuído de forma substancial na pandemia, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, voltou a fazer críticas à forma como o governo do presidente Jair Bolsonaro vem conduzido o enfrentamento à doença.

Neste domingo, 9, pelas redes sociais, o magistrado disse que o Brasil está “dando o mau exemplo”.

“A boa gestão das políticas de saúde é um elemento chave em todos os países que conseguiram bons resultados. Estamos dando o mau exemplo. Cumpramos as recomendações técnicas da OMS, ouçamos os médicos. A ignorância nesse momento está longe de ser uma virtude”, disse ele.

LEIA MAIS: A CORTE QUE SE TORNOU UM MONSTRO

O ministro ainda continuou: “100 mil vidas perdidas para a COVID19. Infelizmente, para muitos brasileiros, a dor não se resume a ver esse número subir dia após dia e se concretiza da pior forma: na perda do pai, da mãe, do filho, de algum parente ou amigo próximo”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

27 Comentários

  1. acho que caberia ao sr. ministro, exigir de todos os envolvidos, quais atitudes/termos/medicamentos foram usados para os mais de 2 milhões de curados dessa pandemia. isso enriqueceria o debate e não nos deixaria ignorantes quanto as prevenções, isso sim, mais perigoso que qualquer outra coisa.

    Responder
    • Ele deve estar falando do STF, pq a ignorância foi feita pelo STF e agora querem colocar a culpa no governo, só q o povo não cai mais nisso, aí eles ficam falando p a platéia comprada deles.

      Responder
    • Acho que o Gilmar Mendes deveria estar lamentando a decisão no início de março do STF que entregou aos prefeitos e governadores o comando do combate ao vírus, afastando o governo federal. Mesmo assim., Bolsonaro não deixou faltar recursos para os estados e municípios. Outra coisa que o Gil.at Mendes tem que lamentar, além das mortes que o também fazemos, foi o evitar a utilização de medicamentos na fase inicial da doença. Insanidade. Por fim, Bolsonaro ouviu médicos aos montes para agir como agiu. No mundo inteiro são centenas de médicos e infectologista e que não concordam com a s decisões da oms. Apesar da quarentena de quase cinco .eses não se evitou contaminação e mortes. Bolsonaro sempre se preocupou com a perda de vidas pelo vírus e pelas consequências de se fechar tudo por tanto tempo. Nunca houve unanimidade de pensamentos sobre a maneira de tratar a covid.

      Responder
      • Quem tirou do Presidente o direito constitucional como a maior autoridade do país, eleito pelo povo, de conduzir o protocolo para combater o COVID foi exatamente o STF que transferiu esse poder a governadores e prefeitos. O presidente mandou bilhões em recursos para estados e municípios. Será que ao invés de criticar o Bolsonaro, o ilustríssimo senhor Ministro não deveria procurar saber o que alguns governadores e prefeitos, fizeram com uma grande parte desses recursos? Há suspeita de superfaturamentos em construção de hospitais de campana, e compra de respiradores. Há suspeita de roubo do dinheiro público em nome da pandemia, Ministro!!

        Responder
    • Muito bom

      Responder
    • Obrigado por nos escrever, Antonio! Um abraço.

      Responder
  2. Só um jagunço, como disse o boca de veludo, para falar uma bobagem destas. Não vão conseguir derrubar o presidente pois nós invadiremos Brasília.

    Responder
    • Ó vagabundo, vc tá soltando bandidos ,e não é de hoje, e acha que pode dar que tipo de palpite? Recolha-se a sua insignificância, no seu apartamento , comprado com o dinheiro dos bandidos que vc soltou, em Portugal ,visto que no Brasil ,vc não pode andar na rua.

      Responder
      • Com certeza algo em torno de 70% dos óbitos ocorridos pela covid, foram “assassinatos” decorrentes das posições tomadas pelos governos da esquerdinha brasileira com a benção da quadrilha do stf, todos deveriam responder criminalmente por seus malditos atos.

        Responder
    • Ministro mais defensor de Bandidos Ricos. Gilmar Mendes.

      Responder
    • Soltar bandidos e proteger a criminalidade, atuar como militante político num cargo iminitentemente técnico é a “virtude” de certas pessoas.

      Responder
  3. #Bolsonaro2022 #BolsonaroTemRazão #BolsonaroDeNovo #BolsonaroOutraVez #38DAPRIMEIRAAÚLTIMAOPÇÃODAURNAELETRÔNICA #AlexandreImoraes #SupremoTribunalInquisitorial #STFtribunaldeExceção #FarsaJudicial #STF_InquéritoInconstitucional #STF_PerseguiçãoPolítica #STF_PrisõesPolíticas

    Responder
  4. O STF é a pior das mazelas que temos no País hoje!
    Desta corte, nada se aproveita!

    Responder
  5. Gilmar vagabundo! Cala a boca!

    Responder
  6. Ignorância não é virtude, mas pelo visto canalhice é.

    Responder
  7. Não dá para perder tempo com esse cara. No passado o elogiei porque considerei que impedindo Lula de ser nomeado na Casa Civil da Dilma, pudemos alcançar o impeachment daquela senhora. Ocorre que, como disse em sessão pública do STF, o também estranho ministro Barroso, “você é uma pessoa horrível, uma mistura do mal com o atraso e pitadas de psicopatia”, este senhor mudou no meu conceito, pois o tinha em conta quando afirmou no passado que o STF era um verdadeiro manicômio judiciário, e quando o assisti em sessão plenária afirmar que o STF errou quando tornou inconstitucional a clausula de barreira que há muitos anos atrás nos teria livrado desse lixão de pequenos e inúteis partidos políticos. Essa era a imagem que tinha de Gilmar Mendes.

    Responder
  8. Se o Gilmar criticou é sinal que estamos no caminho certo. Se tem alguém com credibilidade ZERO neste país, é o Gilmar.

    Responder
  9. Compra terno caro, faz faculdade, manicure , pedicure entra na política e tudo mais, mas continua sendo o que sempre foi.

    Responder
  10. Longa vida a Bolsonaro! E que venha o luladrão!

    Responder
  11. CANALHA, MONTE DE ESTRUME. Esse é o Gilmar Mendes.

    Responder
  12. Cínico e Amoral

    Responder
  13. Quem é você para falar de virtude, Gilmar? Vou lhe dar apenas uma definição de virtude: “Conformidade com o bem, com a excelência moral ou de conduta, etc.; dignidade”. Por acaso você tem essas qualidades?

    Responder
  14. Verme!!!

    Responder
  15. Gilmar, ativista tucanista detestável, por todos os motivos. Vá trabalhar, ao invés de toda hora estar viajando. Quantos processos sob tua relatoria estão pendentes de julgamento? É papel de juiz que respeite as leis ficar dando declarações a toda hora, como se político pudesse ser? Vá se enxergar, ninguém te aguenta, e, menos ainda, acredita no que dizes ou fazes.

    Responder
  16. Boquirrotos tentam emplacar o discurso que transfere os erros do STF para outros.
    Não enganam ninguém. Só faz aumentar o descrédito e o repúdio da população a esse órgão público que já foi supremo.

    Responder
  17. Mau exemplo é juiz libertar compadre criminoso da cadeia!

    Responder
  18. Mau exemplo é juiz libertar compadre criminoso da cadeia!o

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Supremas safadezas

Como os ministros do Pretório Excelso, o promotor da minha infância se julgava onipresente, onisciente e onipotente

A Suprema Corte e o abuso do poder

Quando juízes se tornam “superlegisladores”, as instituições se fragilizam e a sociedade perde a fé no sistema democrático

David Hume cancelado

Está em curso uma espécie de eugenia intelectual que conta com a simpatia ou covardia de reitores e professores de prestigiadas universidades internacionais

Vacina contra ditadura

Na ONU, Trump fez o que todo mundo com juízo deveria ter feito — e não fez, sabe-se lá por que mistério das escrituras empáticas

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

E chegamos à era dos ciborgues

Teremos nosso potencial mental multiplicado e nossas ações serão, literalmente, rápidas como o pensamento. O que faremos com esse novo poder?

Os intelectuais e a sociedade

Intelectuais ignoram que há mais sabedoria na população em geral do que num indivíduo qualquer, por mais inteligente que ele seja

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 27 — 25/09/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês