Gilmar Mendes nega 'habeas corpus' a acusado por desvio de dinheiro

Edição da semana

Em Em 23 nov 2020, 17:46

Gilmar nega ‘habeas corpus’ a acusado de desvio de dinheiro

23 nov 2020, 17:46

Decisão foi confirmada pelo STF nesta segunda-feira

gilmar mendes nega habeas corpus a empresário

Gilmar Mendes negou habeas corpus a empresário de SP | Foto: Fellipe Sampaio/STF

Um empresário acusado de desvio de verba da Saúde dos Estados de São Paulo e Pará não teve habeas corpus concedido por Gilmar Mendes. Em decisão divulgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira, 23, o ministro entendeu que o assunto precisaria ser analisado por instâncias inferiores do Poder Judiciário.

Leia mais: “Nunes Marques estreia no STF com voto contrário à Lava Jato”

Dessa forma, Mendes manteve a prisão de Luciano Colicchio Fernandes, dono de distribuidora de alimentos e medicamentos na região de Araçatuba (SP). Alvo da Operação Raio-X, Fernandes está preso preventivamente no Centro de Detenção Provisória de Lavínia (SP). Ele é acusado de organização criminosa e lavagem de dinheiro. De acordo com investigações, ele assinava contratos fraudulentos com organizações sociais de saúde.

Na tentativa de fazer seu cliente deixar a prisão, o advogado Roberto Podval alegou que Fernandes sofreu “constrangimento ilegal, em razão da falta de fundamentação concreta do decreto prisional”. Mendes observou o fato de tal argumentação não ter sido relatada ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

“Fortes suspeitas”

Em sua decisão contrária ao pedido do empresário, Gilmar Mendes afirmou que Luciano Colicchio Fernandes está preso porque há “fortes suspeitas” contra ele. O ministro do STF ainda destacou haver “indícios robustos e documentados” de que o alvo da Operação Raio-X teria cometido crimes.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. Milagre, milagre!

  2. A revista Oeste deveria verificar a veracidade desta informação. Inacreditável!! Será um milagre!!!???

  3. Mas é um abuso, um vagabundo comum sem foro privilegiado quer ser julgado diretamente pelo STF. Será porque hem. Ainda pulando todas outras instâncias inferiores.

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O partido contra o Brasil

Ninguém ainda descobriu no planeta um jeito tão eficaz de concentrar renda quanto a fórmula usada para administrar as contas públicas no país

A paciência acabou

Os brasileiros começam a reagir à cassação dos direitos individuais

Os novos senhores do mundo

Os gigantes da tecnologia censuram Trump, fazem o que bem entendem e exercem um poder global desmedido. Isso é justo?

Eficácia

“Você demorou muito a comprar. Eficácia depende de rapidez” / “Poxa… Se eu soubesse teria comprado mais rápido. Ando muito dispersivo”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Como surgiu o novo coronavírus?

A resposta mais provável, até o momento: o vírus teve origem em pesquisas com manipulação genética no Instituto de Virologia de Wuhan

Globalistas assanhados com Biden

Eles não costumam viver de fatos, apenas de narrativas. Adotam a visão estética de mundo, e por isso a ONU é seu maior símbolo

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Macron e a soja

Macron e a soja

Sua última ideia a respeito do assunto é acabar com a “dependência” que a França teria da soja brasileira – in...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês