Governo Bolsonaro completa 600 dias - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 23 ago 2020, 09:20

Governo Bolsonaro completa 600 dias

23 ago 2020, 09:20

Balanço da Casa Civil apresenta as principais ações do governo, com destaque para as medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus no país

governo

Balanço da Casa Civil apresenta as ações do governo | Foto: Palácio do Planalto

O governo do presidente Jair Bolsonaro completa hoje 600 dias. Em um balanço feito pela Casa Civil, destacam-se as medidas de combate à pandemia de covid-19 no país.

Conforme o balanço, essas ações representam impacto primário equivalente a 8% do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país).

“O impacto do enfrentamento à pandemia soma mais de R$ 1,1 trilhão, considerando os gastos direto do Tesouro Nacional, a liberação de crédito e a suspensão e ampliação de prazos para pagamentos, entre outras medidas”, informou.

O governo também repassou R$ 17,9 milhões adicionais a Estados e municípios, para reforçar os atendimentos no Sistema Único de Saúde, o SUS. Com isso, foram habilitados 12 mil novos leitos de unidade de terapia intensiva, voltados exclusivamente ao atendimento de pacientes com covid-19.

Além disso, foram contratados 6,6 mil profissionais de saúde e distribuídos milhares de respiradores, equipamentos de proteção individual e testes para diagnóstico da doença, além de medicamentos.

Em outro ponto, o governo destaca o acordo de transferência de tecnologia no valor de R$ 1,9 bilhão que garante ao país a aquisição e produção de 100 milhões de doses da vacina contra o vírus chinês. O imunizante está em fase de testes pela Universidade de Oxford.

Economia

Para o governo, um dos resultados mais visíveis da aplicação dos recursos federais está na quantidade de empregos preservados, que somam 16,2 milhões, por meio do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda.

A medida prevê a concessão de um benefício emergencial aos trabalhadores que tiveram jornada reduzida ou contrato suspenso. E oferece o pagamento do auxílio emergencial para trabalhadores intermitentes, com contrato de trabalho formalizado.

Os investimentos para a preservação desses empregos somam R$ 24,4 bilhões.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Parabéns à Revista Oeste, diferente de veja, folha etc… Falta muito ainda mas alguém deveria tomar atitudes de publicar semestralmente as obras entregues pelo governo federal e respectivos governadores. Brasil a fora.

    Responder
  2. Jornalismo independente mostra fatos, sejam eles bons ou ruins. Parabéns revista Oeste.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Uma seita chamada covid

Ficou liberada para o primeiro passante a utilização da palavra “ciência” na defesa de suas crenças ou de sua agenda pessoal

O sumiço dos estadistas

A pandemia é favorecida pela epidêmica mediocridade dos governantes do mundo inteiro

O ataque

A baderna no Capitólio é mais um sintoma da crise da democracia do que a causa de novos problemas

Rumo à utopix socialistx intersecionxl!

O propósito dos revolucionários é fazer parecer que quem se posiciona contra a ideologização da língua é contra respeitar as pessoas da forma como elas são

Coisas estranhas na medicina

Não é esquisito que a classe médica ignore os levantamentos objetivos demonstrando que as regiões mais trancadas são as que têm mais óbitos por milhão?

A cura na realidade virtual

Menos tarja-preta, mais algoritmos: a tecnologia passa a ser utilizada no tratamento de depressão, ansiedade e estresse pós-traumático

A nova luta de classes e a elite tecnocrática

A maior parte da população nos países ocidentais está sem nenhuma voz nos negócios públicos, exceto por gritos de raiva. Se isso não for revertido, a tendência é a revolta piorar

Por que há socialistas com mais de 30 anos

Duas razões: todos nós crescemos em famílias, que são pequenas comunidades socialistas; e na economia contemporânea é difícil estabelecer a conexão entre esforço e recompensa

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Fracasso governamental

“Os governos fracassaram de modo retumbante na crise do coronavírus. Mas também não há evidências de que o...

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês