Governo mostra união e desmente boatos de mudança na liderança da Câmara - Revista Oeste

Em 22 Maio 2020, 12:33

Governo mostra união e desmente boatos de mudança na liderança da Câmara

22 Maio 2020, 12:33

Bolsonaro, Ramos, o articulador político do governo, e líder do Executivo na Câmara, Vitor Hugo, estão com o alinhamento em dia

Em videoconferência com lideranças católicas, presidente Jair Bolsonaro fez questão de demonstrar sintonia fina entre o articulador político do governo, Luiz Eduardo Ramos (E), e o líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (D)
Foto: Isac Nóbrega/PR

O Centrão vai ter que se esforçar mais se quiser abocanhar a liderança do governo na Câmara, posto atualmente ocupado pelo deputado federal Vitor Hugo (PSL-GO). O Palácio do Planalto está convencido de que as recentes especulações sobre uma possível troca do líder foi plantada por algum parlamentar próximo ao líder do Blocão, Arthur Lira (PP-AL).

Na quinta-feira, 21, Vitor Hugo participou de uma videoconferência com lideranças católicas com o presidente Jair Bolsonaro e seu “superior” imediato, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Há quem diga que atitudes valem mais do que mil palavras. Na política, isso não é diferente.

A sinalização que Bolsonaro passa ao colocar Ramos e Vitor Hugo ao seu lado transmite ao Centrão que o governo segue disposto a dialogar republicanamente a composição de espaços, mas não abre mão de trocar um ou outro. Afinal, não é a primeira vez que o Blocão pede a cabeça de alguém da articulação.

União

O articulador político do governo é Ramos, que foi fritado pelo Centrão mais de uma vez desde que tomou posse, em 5 de julho de 2019. Houve quem trabalhou pela exoneração dele a fim de substituí-lo pelo ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF). A mesma coisa aconteceu com Vitor Hugo.

Pelas redes sociais, Vitor Hugo e Ramos mostraram que não há conflito entre eles. Afinal, se uma especulação surge apontando que o governo vai destituí-lo da liderança, isso remete automaticamente a Ramos. No Twitter, o líder do governo fez questão de desmentir qualquer boato (veja abaixo). O comentário foi republicado pelo ministro em seu perfil.

TAGS

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Coronavírus

Assine a nossa news

Oeste Notícias