GSI chama nota de O Globo de 'notícia mentirosa' - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 24 ago 2020, 18:20

GSI chama nota do jornal ‘O Globo’ de ‘notícia mentirosa’

24 ago 2020, 18:20

Colunista afirma que ministro viu falha de segurança do presidente da República no último fim de semana

bolsonaro - gsi - lauro jardim - o globo

O presidente Bolsonaro durante passeio em frente à Catedral de Brasília | Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República veio a público na tarde de hoje para afirmar que o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, foi responsável por publicar uma “notícia mentirosa”. Mais cedo, o jornalista afirmou em seu blog que Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI, reclamou do episódio que no último fim de semana teria envolvido o presidente Jair Bolsonaro e um repórter do Grupo Globo.

Leia mais: “PSL tenta construir bloco de apoio ao governo, mas presença de PTB é incerta”

De acordo com Jardim, Heleno teria responsabilizado os agentes que ficaram responsáveis pela segurança de Bolsonaro durante o passeio realizado ontem nos arredores de Brasília. Essa versão, contudo, é negada pela equipe de comunicação do GSI. “Nem o ministro, nem o GSI emitiram qualquer comentário sobre o fato ocorrido com o presidente da República, na Catedral de Brasília”, afirma o órgão em comunicado divulgado à imprensa.

Além de apontar o que define como “notícia mentirosa” assinada outra vez por Lauro Jardim, o comunicado oficial do GSI tece críticas diretas ao colunista de O Globo. “Lamentável desonestidade intelectual desse profissional da imprensa”, afirma o GSI na nota.

MAIS: “Bolsonaro cobra a Globo sobre denúncias de ‘doleiro dos doleiros’”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 Comentários

  1. Basta ver para quem esse laurapio trabalha

    Responder
  2. O problema é que a esquerda é composta, em sua maioria que tem alguma relação mais relevante com a sociedade, como no caso de jornalistas, de pessoas limitadas, de baixo preparo e amorais.
    Daí porque falam o querem e quando bem entenderem, pois que o fato de serem trazidas à razão ou ao bom senso, em nada interfere no humor/rubor desses cidadãos.

    Responder
  3. Ele só faz isso, publicar notícias falsas. A dias a ministra Tereza Cristina da agricultura o desmentiu quando ele publicou um encontro que nunca existiu entre ela e o ministro Ricardo Salles, que também desmentiu. Faz um jornalismo da pior qualidade, cujo local mais adequado para colocá-lo é no lixo.

    Responder
  4. O Lauro Jardim é aquele jornalista que transcreveu uma conversa do Temer com o Joesley que não existia na gravação. Confiabilidade ZERO (mesmo índice de confiança do seu empregador).

    Responder
  5. Onde trabalha o pseudojornalista? Na G-L-O-B-O-L-I-X-O, só poderia ser.

    Responder
  6. Agora já virou briga d vizinhos, a globo partiu p o tudo ou nada com Bolsonaro. mas está se comportando como tablóide. Sinceramente eu não sei como alguém ainda anuncia na emissora.

    Responder
  7. Globo mente.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês