-Publicidade-

Austrália analisa cobrar das Big Techs pela publicação de notícias

Google chegou a dizer que pode encerrar suas atividades no país caso a lei seja aprovada
Foto: Reprodução/Canva
Foto: Reprodução/Canva | Google

Um projeto de lei pode tornar a Austrália o primeiro país do mundo a obrigar empresas como o Google e Facebook a pagar pela publicação de notícias de terceiros. A proposta será analisada pelo parlamento australiano a partir da próxima segunda-feira, 15, segundo informações da agência Reuters. O Google chegou a dizer que pode encerrar suas atividades na Austrália caso a lei seja aprovada. Na semana passada, o gigante de tecnologia fechou um acordo no país com editoras e pagou pelo conteúdo oferecido em uma plataforma, na tentativa de mostrar que a legislação proposta é desnecessária.

Leia também “Os novos senhores do mundo”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 43 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. essas empresas assumiram o poder do mundo. é importante iniciativa da Austrália, que visa colocar um ponto final nisso. sempre parece que elas existem como uma favor para o mundo. se eles quiserem sair do país, outros tomarão o lugar. a criação de leis é um direito do país, assim como eles irem embora. totalmente arrogante a posição das big techs.

  2. O totalitarismo em suas várias facetas volta e meia tenta se impor. As tais bigtechs nada mais são que monopolistas que viram a oportunidade de avançar sobre o campo político, e assim estão fazendo. Democracias maduras e fortes como a australiana tem visão disso, e portando a combatem.
    Pelas leis de mercado se Google abandonar o país em questão de meses seus concorrentes tomarão o espaço. Google não fornece nada indispensável e insubstituível.

  3. Essas big techs estão mandando, principalmente aqui no Brasil. Será que não chegou a hora de se fazer uma concorrência internacional, com normas, para que possam funcionar no nosso País? Caso contrário, fora!!!!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês