-Publicidade-

‘Hackers’ norte-coreanos tentam roubar vacina contra a covid-19

A farmacêutica Pfizer foi a vítima do ataque, segundo o serviço de inteligência sul-coreano
Os <i>hackers</i> norte-coreanos são constantemente acusados de roubar informações de países e instituições
Os hackers norte-coreanos são constantemente acusados de roubar informações de países e instituições | Foto: Reprodução/Pexels

Hackers norte-coreanos tentaram invadir os sistemas da farmacêutica Pfizer para encontrar informações sobre a vacina e tratamentos contra o coronavírus, informaram nesta terça-feira, 16, meios de comunicação do país vizinho, citando a inteligência sul-coreana. “O Serviço Nacional de Inteligência (NIS) nos informou que a Coreia do Norte tentou obter tecnologias sobre a vacina e tratamentos contra a covid-19 por meio de um ataque cibernético para hackear a Pfizer”, declarou a repórteres o deputado Ha Tae-keung. De acordo com especialistas ocidentais, a Coreia do Norte tem um exército de milhares de hackers altamente treinados que já atacaram empresas, instituições e centros de pesquisa, especialmente na Coreia do Sul. Pyongyang também é acusada de roubar mais de US$ 300 milhões em criptomoedas nos últimos meses por meio de ataques informáticos destinados a financiar seus programas nucleares e balísticos proibidos, de acordo com um relatório da ONU divulgado na semana passada.

Leia também: “Morre ex-chefe do departamento de propaganda da Coreia do Norte”

Com informações do R7

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês