-Publicidade-

Sony deixa o Brasil e vai fazer carro elétrico na Europa

Empresa explica que adotou essa atitude 'considerando o ambiente recente de mercado e a tendência esperada para os negócios'
Companhia japonesa quer direcionar investimentos para outros setores da economia, como o automotivo
Companhia japonesa quer direcionar investimentos para outros setores da economia, como o automotivo | Foto: Reprodução/Divulgação

A japonesa Sony, uma das maiores empresas de eletroeletrônicos do mundo, acaba de anunciar que vai fechar a sua fábrica em Manaus.

Em comunicado enviado a varejistas, a empresa garantiu que encerrará as atividades industriais em março de 2021. As vendas de TVs, equipamentos de áudio e câmeras fotográficas serão interrompidas. A companhia afirma que adotou essa atitude “considerando o ambiente recente de mercado e a tendência esperada para os negócios”.

A Sony explica ainda que a “decisão visa a fortalecer a estrutura e a sustentabilidade de seus negócios, para responder às rápidas mudanças no ambiente externo”.

De acordo com a empresa, as operações de games, soluções profissionais, music e pictures entertainment vão continuar a funcionar no país.

Leia também: “Sony vai fechar fábrica em Manaus em março de 2021”

Com informações da Isto É

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. A Sony está mal das pernas há tempos. Ultrapassada na tv, não investiu em celulares. O resto acabou. Os smartphones tem tudo num lugar só. As coisas evoluem.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês