-Publicidade-

WhatsApp volta a discutir nova política de privacidade

Implementação de mais normas fez aplicativo perder popularidade
WhatsApp promete novas explicações sobre política de privacidade
WhatsApp promete novas explicações sobre política de privacidade | Foto: Aarn Giri/Unsplash

O WhatsApp não deixou o assunto sobre suas mais novas políticas de privacidade cair no esquecimento. Nesta semana, a equipe de comunicação do aplicativo de mensagens anunciou que em breve disponibilizará material sobre como serão as normas a ser implementadas e como os usuários terão de lidar com elas.

“Você terá mais tempo para ler a atualização”

“Exibiremos um aviso no WhatsApp anunciando que você terá mais tempo para ler a atualização e fornecendo mais informações para ajudar a esclarecer algumas dúvidas”, promete a empresa em texto publicado originalmente no blog da marca. “Eventualmente, enviaremos lembretes para que todos possam ler e aceitar as atualizações para continuar usando o WhatsApp”, prosseguiu a empresa, pontua o site TecMundo. Sem ainda detalhar o conjunto de regras, indicou que quem não aceitar terá a conta no app suspensa.

Mesmo sem a confirmação por ora, uma das regras inicialmente previstas para ser implementadas era a integração de dados dos usuários do WhatsApp com o Facebook. O grupo, comandado pelo bilionário norte-americano Mark Zuckerberg, comprou o aplicativo de mensagens em 2014.

Polêmica

Até o momento, a nova política de privacidade tem sido prejudicial ao WhatsApp. Previsto para vigorar desde o início deste mês, o projeto foi adiado para maio após receber criticas. Mesmo com o adiamento, o app perdeu popularidade. Em janeiro, por exemplo, os aplicativos mais baixados em smartphones em todo o mundo foram dois concorrentes diretos: Signal e Telegram.

Leia também: “O desastre dos megavazamentos de dados”, matéria do editor-assistente Cristyan Costa publicada na Edição 48 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês