"Jamais foi comprovado caso de fraude nas eleições", garante TSE - Revista Oeste

Em 10 mar 2020, 14:23

“Jamais foi comprovado caso de fraude nas eleições”, garante TSE

10 mar 2020, 14:23

Presidente afirmou na segunda-feira, 9, que foi eleito no primeiro turno das eleições

Diante das acusações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro de que houve fraude nas eleições presidenciais de 2018, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou uma nota nesta terça-feira, 10, rebatendo as declarações de Bolsonaro:

“Eleições sem fraudes foram uma conquista da democracia no Brasil e o TSE garantirá que continue a ser assim”, afirmou em nota o Tribunal.

O presidente já havia feito acusações de fraude em 2018, mas agora, pela primeira vez, disse ter provas:

“Eu acredito que, pelas provas que tenho em minhas mãos, vou mostrar brevemente, eu tinha sido, eu fui eleito no primeiro turno, mas no meu entender teve fraude. E nós temos não apenas palavra, nós temos comprovado, brevemente eu quero mostrar” disse, durante um evento nos Estados Unidos.

Diante disso, o TSE, reafirmou “a absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação”. O Tribunal disse ainda que a auditabilidade do processo permite apurar eventuais denúncias e suspeitas, “sem que jamais tenha sido comprovado um caso de fraude, ao longo de mais de 20 anos de sua utilização”.

Segundo a Justiça Eleitoral, caso haja uma prova de irregularidade, as autoridades agirão com “presteza e transparência para investigar o fato”.

“Mas cabe reiterar: o sistema brasileiro de votação e apuração é reconhecido internacionalmente por sua eficiência e confiabilidade. Embora possa ser aperfeiçoado sempre, cabe ao Tribunal zelar por sua credibilidade, que até hoje não foi abalada por nenhuma impugnação consistente, baseada em evidências”, completa a nota.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias