Joe Biden aumenta mil vezes o número de mortes por coronavírus nos EUA - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 21 set 2020, 17:55

Joe Biden aumenta mil vezes o número de mortes por coronavírus nos EUA

21 set 2020, 17:55

“200 milhões vão morrer até que eu termine de falar”, disse o candidato do Partido Democrata

joe biden, donald trump, eleições americanas 2020, convenções partidárias, pesquisa

Joe Biden | Foto: Gage Skidmore/Wikimedia Commons

Atual candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Joe Biden, ex-vice-presidente dos Estados Unidos na gestão de Barack Obama, resolveu aumentar em mais de mil vezes o número de mortes por coronavírus no país. Num discurso de campanha no último fim de semana, ele disse que os óbitos pelo vírus chinês chegariam a 200 milhões até que sua fala terminasse. Às 15 horas desta segunda-feira, 21, no entanto, o número estava em 199 mil.

Leia também: Covid-19: Trump quer vacinar todos os norte-americanos até abril de 2021

“E talvez, e o mais cruel de tudo, se D.Trump conseguir o que quer, as complicações da covid-19, que estão além do que deveriam estar, estima-se que 200 milhões de pessoas morrerão, provavelmente quando eu terminar esse discurso”, disse Biden.

No Twitter, Ana Paula Henkel, colunista de Oeste, resumiu em apenas quatro palavras o discurso do candidato: “Joe Átila Dilma Biden”. Ou seja, Biden teria sido uma mistura do biólogo Átila Iamarino, conhecido por previsões catastróficas que não se concretizam, com a ex-presidente Dilma Rousseff, famosa pelas frases sem começo, meio e fim.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, até o começo desta semana menos de 1 milhão de pessoas haviam morrido no mundo em decorrência da covid-19.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Hahahaha, o velho caquético está mostrando a que veio. E quer ser Presidente da nãção mais poderosa do planeta. O “homi”é uma temeridade. Daqui a pouco ele vai querer estocar vento, seguindo o conselho da Cadáver Insepulto.

    Responder
  2. Pensei q só o Brasil tivesse a desgraça de ter um i****** e vagabundo, além de ladrão, pra falar m**** o tempo todo. A esquerda se resume a isso, a escória do mundo.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

A obsessão da imprensa por Donald Trump

Com o único propósito de ser anti-Trump, a mídia não saberá o que fazer se não puder culpar o bufão laranja por todo o mal que eventualmente venha a acontecer

O Guevara da Daslu

Faça como Doria. Pare diante do espelho, fale meia dúzia de clichês do humanismo de butique e note que você também tem um corpinho de centro-esquerda

A China e a fábula dos pardais

Enquanto o discurso ambientalista foca a Amazônia e as mudanças climáticas, a China segue com suas práticas predatórias e não assume responsabilidades

O gênio e o mito

Maradona não deveria ser uma referência moral para ninguém. Mas é um equívoco não homenageá-lo por seu futebol-arte

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O que é o projeto BR do Mar?

O que é o projeto BR do Mar?

Texto tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados e pode ser votado a qualquer momento no plenário...
É o “mecanismo”

É o “mecanismo”

A 3ª maior doadora da campanha paulistana do PSOL é uma herdeira da empreiteira de obras públicas Andrade Gutierrez...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês