-Publicidade-

Ataque cibernético contra a Justiça Federal completa 24 horas

Problema ainda não foi resolvido por completo

Problema ainda não foi resolvido por completo

Hacker - ataque cibernético - trf-1
Ataque cibernético contra a Justiça Federal segue sem correção | Foto: Gerd Altmann/Pixabay

Órgãos do Poder Judiciário seguem com problemas na internet após mais de 24 horas de ataque hacker. No fim da tarde deste sábado, 28, algumas páginas on-line mantidas por divisões da Justiça Federal seguiam fora do ar.

Leia mais: “PF prende suspeito de ‘hackear’ o sistema do TSE”

O ataque cibernético realizado na sexta-feira, 27, teve como alvo o sistema virtual do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), do tribunal do Distrito Federal e de 13 Estados brasileiros. Desde então, serviços como consultas de processos seguem inativos.

Em nota, o TRF-1 afirmou estar apurando a “gravidade do ocorrido”, além de adotar medidas cabíveis a respeito. Com isso, espera-se “o restabelecimento dos serviços de TI para acesso externo, à medida que for garantida a segurança adequada.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Temos o direito de suposições marotinhas…
    Esses ataques cibernéticos foram incentivados por decisões do STF, principalmente do Gilmar e Levandowiski. O STF deveria ter endurecido com o falso jornalista Glen e seus hackers cúmplices e ficarem presos. Como foram soltos em nome da liberdade de expressão, se sentiram livres para espalhar os códigos e sistemas que haviam descoberto através de áudios de membros da lava-jato e até de ministros do STF. Acho que venderam as chaves por uma fortuna para hackers do mundo inteiro. SE estivessem presos e controlados poderia ocorrer menos difusão dos sistemas empregados em órgãos públicos. A culpa de tudo isto é o STF que deveria ser denunciado internacionalmente por incompetência, má fé e acobertamento de criminosos perseguidos pelo mundo inteiro democrático.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês