-Publicidade-

Aras ameniza crise e nega ser autor de ataques à Lava Jato

Ao negar ataques à Lava Jato, Augusto Aras pediu aos subprocuradores que evitem "embates desnecessários"
Aras em reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal | Foto: Antonio Augusto/PGR
Aras em reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal | Foto: Antonio Augusto/PGR | Aras lava jato

Ao negar ataques à Lava Jato, Augusto Aras pediu aos subprocuradores que evitem “embates desnecessários”

Aras lava jato
Aras em reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal | Foto: Antonio Augusto/PGR

O procurador-geral da República, Augusto Aras, negou nesta terça-feira, 4, ser autor de ataques à Lava Jato. Além disso, durante reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal, Aras optou por um tom de conciliação.

Na semana passada, durante sessão do colegiado, Aras bateu boca com subprocuradores após ser cobrado pelas recentes críticas ao trabalho das forças-tarefas da Lava Jato. O conselho é a instância máxima deliberativa dentro da instituição.

Desta vez, Aras pediu aos subprocuradores que evitem “embates desnecessários” uma vez que os ataques ao MPF já são “muito fortes”.

“Estamos todos no mesmo barco. Se esse avião afundar ou cair, todos nós caímos juntos”, disse o procurador-geral.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês