-Publicidade-

Operação Covideiros apura fraudes no coronavoucher

Polícia Federal cumpriu oito mandados de busca e apreensão em São Paulo e em três municípios cearenses.
PF investiga fraudes no coronavoucher em lotéricas de SP | Foto: Divulgação
PF investiga fraudes no coronavoucher em lotéricas de SP | Foto: Divulgação | pf - operação covideiros - coronavoucher - auxílio emergencial

Polícia Federal cumpriu oito mandados de busca e apreensão em São Paulo e em três municípios cearenses

pf - operação covideiros - coronavoucher - auxílio emergencial
PF investiga fraudes no coronavoucher em lotéricas de SP | Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF) iniciou nesta quarta-feira a Operação Covideiros, que investiga fraudes no auxílio emergencial, concedido pelo governo federal. Em nota, a corporação esclareceu que um grupo criminoso tem clonado cartões de beneficiários em casas lotéricas do Ceará e utilizado esses dados para sacar o valor em São Paulo.

A ação mobilizou mais de 40 policiais federais, além de 40 agentes da Polícia Militar de São Paulo e 14 empregados da Caixa, que auxiliaram no monitoramento dos casos. As equipes cumpriram, ao todo, oito mandados de busca e apreensão, sendo cinco em São Paulo e três nos municípios cearenses de Morrinho, Quixeré e Russas. Também foram cumpridos dois mandados de prisão temporária, todos em São Paulo.

Para ter sucesso na transação, o grupo realizava uma etapa intermediária, de alteração da senha original do beneficiário. Esse recadastramento, apurou a PF, era feito em casas lotéricas localizadas na zona leste de São Paulo. As movimentações de saque eram feitas fora de horário de pico de atendimento, para evitar suspeitas.

A PF informou, ainda, que o esquema somente foi possível com a participação de funcionários das lotéricas, que receberam instruções remotas dos líderes do grupo. Em troca da facilitação, os empregados ficavam com parte dos lucros das fraudes.

Os investigados irão responder por furto qualificado e associação criminosa e podem pegar até 11 anos de prisão.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês