-Publicidade-

PF faz operação para apurar fraudes na pandemia em MG

Superfaturamento apontado pela Controladoria- Geral da União teria causado prejuízo de R$ 700 mil aos cofres públicos
Foto: Reprodução/Polícia Federal
Foto: Reprodução/Polícia Federal

Superfaturamento apontado pela Controladoria- Geral da União teria causado prejuízo de R$ 700 mil aos cofres públicos

A Polícia Federal (PF) realiza nesta quarta-feira, 21, uma operação contra suposto esquema de fraudes na compra de insumos e equipamentos para o combate à covid-19, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. A operação Guaxinim cumpre mandados de busca e apreensão para encontrar evidências da prática de crimes.

LEIA MAIS: Câmara de vereadores de SP aprova auxílio emergencial de R$ 100

Segundo a PF, em diferentes ocasiões, uma mesma fornecedora foi contratada — em caráter emergencial e com dispensa de licitação — para fornecer máscaras cirúrgicas descartáveis e álcool com preços 74% acima do valor de mercado. De acordo com a Justiça, o superfaturamento apontado pela Controladoria-Geral da União teria causado prejuízo de R$ 700 mil.

As investigações mostraram que uma empresa contratada tem pequeno porte e uma razão social diversa do objeto contratado. Também foi constatado atraso na entrega do material, que não concordava com as especificações técnicas requeridas.

Foto: Reprodução/Polícia Federal

Com informações da Agência Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês