-Publicidade-

PF prende suspeito de ‘hackear’ o sistema do TSE

Homem foi detido em Portugal

Homem foi detido em Portugal

lava jato
Polícia Federal realiza operação | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Um suspeito de hackear o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi preso neste sábado, 28, em Portugal. A operação foi realizada pela Polícia Federal e agentes portugueses. Além disso, a PF cumpre mandados judiciais no Brasil. No primeiro turno das eleições municipais, um ataque hacker expôs informações administrativas de ex-servidores e ex-ministros do TSE. A apuração inicial era de que os dados obtidos pelo hacker se referiam ao período de 2001 a 2010. Mas depois se constatou acesso a dados de 2020, como endereços e telefones, no Portal do Servidor, um sistema administrativo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês