Youtuber olavista é censurado e deve perder canal - Revista Oeste

Em 9 jul 2020, 18:35

Youtuber olavista é censurado e deve perder canal

9 jul 2020, 18:35

Bernardo Küster perdeu a monetização de seus vídeos no YouTube depois de ter dois vídeos com críticas ao STF tirados do ar pela rede social anteriormente

bernardo küster, youtube, apoia.se, censura

Bernardo Küster sofre censura do YouTube e da Apoia.se, mas protesta | Foto: Reprodução/Twitter

Trending Topic no Twitter na tarde desta quinta-feira, “o fim do canal” se refere a um vídeo gravado pelo youtuber conservador e olavista Bernardo Küster.

Nele, o jovem explica que, depois de ter dois vídeos em que critica o Supremo Tribunal Federal retirado do ar sem maiores explicações pelo YouTube, agora teve seu canal desmonetizado pela rede social de vídeos do Google.

Ao questionar o porquê de não ter mais propagandas em seus vídeos e, com isso, receber por eles, Küster ouviu que seu conteúdo era nocivo e perigoso.

Mesma explicação dada pela matriz americana para mantê-lo fora dos canais que podem receber dinheiro.

“Nocivo e perigoso são considerados canais que ensinam a fazer bombas, a assassinar pessoas”, espantou-se o youtuber.

De acordo com Bernardo Küster, a desmonetização é o primeiro passo para que o YouTube cancele de vez o canal.

Canal de financiamento coletivo – Apoia.se

Bernardo Küster contou também que teve uma campanha no Apoia.se censurada.

Primeiro, pediram que tirassem um vídeo por alegarem que continha fake news. Ele retirou, pediram que tirasse outro e isso também foi feito. Por fim, o canal de financiamento coletivo queria que ele retirasse um artigo do site Brasil sem Medo do ar, o que ele se negou a fazer.

“Eles alegaram que eu não podia ter certeza do que estava escrito lá”, disse o blogueiro. “Mas não dá para escrever apenas sobre o que se tem certeza”.

Para Küster, além da perseguição do STF — que sob a alegação de investigar participantes de protestos antidemocráticos já prendeu comunicadores como o jornalista Oswaldo Eustáquio —, há outros possíveis censores por trás da tentativa de acabar com o canal, como o Sleeping Giants (que força empresas a tirarem patrocínio de determinados canais e sites) e o youtuber Felipe Neto.

“Ele prometeu em suas redes sociais que correria atrás de olavistas e conservadores”.

Seja como for, se como rege a Constituição, “é vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística”. Talvez este seja de fato o momento de a Justiça atuar para impedir que apenas um lado da História tenha voz.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

12 Comentários

  1. Este país é uma vergonha. A perseguição aos não esquerdistas esta cada vez mais explicita.

    Responder
  2. Ele não defendia o Aras? “nota sete. Sete para cima.”. E na época da lava-toga tínhamos que ficar quietinhos porque “senão o PT volta”.

    Aí está. Colhendo o que plantou. Aliás, todos nós estamos colhendo o país que plantamos. E vai piorar bastante, não se preocupem pois aí estão as instituições para garantir isso.

    Pelo fim do Estado, pela aniquilação de parasitas.

    Responder
  3. Pra ele vai ser bom. Vai mentir menos, vai ter tempo de se tratar esse distúrbio e ser for preso, o que não acredito, vai poder refletir sobre tudo isso. Olha que legal!

    Responder
    • Está no lugar errado, a Carta Capital encontra-se em outro endereço

      Responder
    • Lamentável.

      Responder
    • Boa tarde, “fique em casa vai ser bom para você e para a sociedade. Não se incomode em ser preso, vai ser bom pra você, pode refletir! Não há problema em retirar a monetização, a direita não necessita pois está patrocinada Se o justiça for injusta com estes injustos propagadores da verdade aí sim teremos justiça!” Parabéns por seu raciocínio brilhante, tente uma filiação ao PCC, tem futuro!

      Responder
  4. É engraçado como esses esquerdistas se infiltram até entre os leitores da revista oeste.Bernardo Kurster é conservador,equilibrado,moderado,e sofre a ditadura da verdadeira censura apenas por ser de direita.

    Responder
  5. Iremos ser OBRIGADOS a seguir ideologia esquerdista ?

    Responder
  6. Essa é a nossa democracia, onde só um lado pode é beneficiado!

    Responder
  7. A cada novo dia surgem novas denúncias de cerceamento de opinião, cancelamento de canais, vetos e censura de conteúdos. Na quase totalidade, tudo se aplica aos chamados meios conservadores ou liberais.
    A pergunta que se impõe é: o que a sociedade e os conservadores e liberais farão DE PRÁTICO contra essa maré de repressão unilateral aos direitos assegurados na CF?
    Quem irá ingressar em juízo em favor dos que estão sendo calados? Como uma plataforma pode passar por cima das leis nacionais, dos poderes constituídos de forma arbitrária e parcial?

    Responder
  8. Tem gente infiltrada que não merece ler seus comentários , isso não passa de perseguição orquestrada contra conservadores, ir nessa direção todos
    os sites de yotuber de direita vão serem extintos, Youtube ficará bem com as esquerdas, o tempo dirá.

    Responder
  9. Absurda e inaceitável esta censura jamais vista no Brasil, que mesmo com um presidente conservador está vivendo uma ditadura esquerdista inquestionável. Bernardo Kuster é até muito polido em seus vídeos, não havendo razão nenhuma para essa censura vergonhosa que está sofrendo.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias