Lei do Gás: preço da energia elétrica pode cair 50%, e o do botijão de gás, 30% - Revista Oeste

Em 11 ago 2020, 18:00

Lei do Gás: preço da energia elétrica pode cair 50%, e o do botijão de gás, 30%

11 ago 2020, 18:00

Aprovação da lei do gás pode reduzir custo da energia elétrica entre 30% e 50%. Meta é tornar competitivo botijão de gás no exterior

Secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia, Carlos Alexandre Da Costa, está otimista com a aprovação do texto | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A aprovação do Projeto de Lei nº 6407/13, a nova Lei do Gás, deve reduzir os preços na economia. O gás natural é usado não apenas na casa das famílias brasileiras, mas também como insumo em diferentes segmentos da indústria. Por esse motivo, a abertura do mercado para o capital privado pode reduzir os custos da commodity em toda a cadeia produtiva. — sobretudo, é claro, para o botijão de gás consumido nos lares. E também para a energia elétrica.

O governo calcula, por sinal, que a aprovação da lei pode reduzir o preço da energia elétrica entre 30% a 50%. É o que aponta o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), do Ministério da Economia, Carlos Alexandre Da Costa. Os porcentuais foram ditos por ele em reunião com empresários do setor nesta terça-feira, 11.

A aprovação do novo marco legal do gás natural é encarada por Costa como uma “grande alavanca para a reindustrialização”. “Seja para a redução do preço do gás natural, como para a redução do preço da energia elétrica, que, de acordo com nossas estimativas, podem chegar a 30%, 40%, 50%, dependendo do Estado”, destacou.

O gás, acrescentou Costa, é insumo para outras indústrias e representa “extraordinária” geração de empregos, renda e investimentos. A equipe econômica finaliza uma nota técnica com mais detalhes sobre o assunto, com a conclusão de estimativas por Estado dos impactos.

Botijão

O relator do PL nº 6407/13, deputado Laércio Oliveira (PP-SE), calcula que o preço do botijão de gás para as famílias possa cair 30% com a aprovação do texto. “Queremos preço nas prateleiras mais em conta. Queremos o botijão de gás com preço mais em conta, e a expectativa é que esse gás chegue com redução de 30%. Estamos pavimentando esse caminho”, disse.

A expectativa é comparar o custo do botijão de gás ao do mercado internacional. “A gente não quer mais viver este momento que vivemos hoje, com o gás a US$ 14, um dos maiores custos do mundo inteiro, sendo o gás um insumo tão importante para a indústria. Não queremos mais notícias de que as indústrias estão fechadas porque não é possível fazer competitividade no mundo todo”, sustenta. Em outros países, o custo é na ordem de US$ 5 a US$ 7.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 Comentários

  1. Adivinhem quem e quais partidos vão votar contra???

    Responder
    • Adivinhem quem e quais partidos vão votar contra??? Ok

      Responder
      • Olá,

        Gostaria de saber qual a proposta está sendo votada, qual a ideia do governo para baratear o custo do gás a este nível?

        Obrigado

        Responder
  2. Olá,

    Gostaria de saber qual a proposta está sendo votada, qual a ideia do governo para baratear o custo do gás a este nível?

    Obrigado

    Responder
  3. Sou revendedor em Santa Catarina estamos sendo bombardeados por reajuste como explica essa situação hoje mesmo dia 12 /10/2020 tive uma notícia de amento de 5%

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Coronavírus

Revista Oeste — Edição 27 — 25/09/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês