-Publicidade-

Leilão do 5G deve ocorrer no 1° semestre de 2021

Presidente da Anatel, Leonardo Euller, afirmou que esse será o maior leilão de uso de radiofrequência do país 

Presidente da Anatel, Leonardo Euller, afirmou que esse será o maior leilão de uso de radiofrequência do país

Fabio Faria - ministro comunicações
O ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que o governo deve fazer leilão do 5G no primeiro semestre de 2021 |  Foto: Mateus Bonomi/Agif/Estadão Conteúdo

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, reuniu-se com integrantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e com o presidente Jair Bolsonaro na tarde da terça-feira 24 para tratar da preparação do leilão da rede móvel 5G.

Faria disse que o governo pretende fazer o leilão da tecnologia 5G no primeiro semestre do ano que vem. A medida já era esperada para 2021, mas agora começa a ganhar contornos mais concretos, com a definição do edital e também do relator, que será o conselheiro Carlos Baigorri.

Leia mais sobre o assunto: “5G: Uma rede limpa” 

O presidente da Anatel, Leonardo Euller, afirmou que esse será o maior leilão de uso de radiofrequência do país e que é uma grande oportunidade de preencher as lacunas de infraestrutura de telecomunicações no Brasil.

Indagado por jornalistas sobre a possibilidade de o governo brasileiro estabelecer algum tipo de restrição à participação de grupos chineses, como tem sido defendido por uma aliança de países liderada pelos Estados Unidos, Fábio Faria disse que o trabalho de sua pasta era na parte técnica. “Aqui não tratamos de geopolítica, o que foi tratado aqui são os técnicos da Anatel, os conselheiros que vieram conhecer o presidente da República”, afirmou.

-Publicidade-
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês