Mais de 40 mil temporários podem ser contratados pelo governo federal - Revista Oeste

Em 26 Maio 2020, 12:16

Mais de 40 mil temporários podem ser contratados pelo governo federal

26 Maio 2020, 12:16

MP 922 deve ser votada no Congresso até 29 de junho; contratações de temporários são mais baratas que a de concursados

A MP 922 foi feita com o objetivo de diminuir as filas do INSS | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Por meio da MP 922, mais 43 mil servidores temporários poderão ser contratados pelo governo federal neste ano. Já foi autorizada a contratação de 12,6 mil temporários, com 9 mil sendo para o INSS.

Estão sendo analisadas outras 30,4 mil vagas que foram pedidas pelos ministérios. Sem espaço no Orçamento para a realização de concursos públicos, que garantem uma série de benefícios, como a estabilidade e aposentadoria, o governo está privilegiando a contratação de temporários

Segundo dados do Ministério da Economia, em 2019 o governo federal admitiu 41,3 mil funcionários temporários, informa o jornal O Estado de S. Paulo.

MAIS: Autorizada a contratação de mais 5.158 profissionais da saúde

Com o objetivo de reduzir as filas do INSS, a MP 922 foi enviado ao Congresso Nacional no início de fevereiro. Ela acabou sendo ampliada, permitindo a contratação de funcionários temporários em outras áreas, como engenharia, pesquisa e na de tecnologia da informação. A MP também permite a contratação de servidores aposentados e de militares na reserva.

Para não perder a validade, a MP deve ser votada até o dia 29 de junho.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias