Mais de mil cientistas chineses infiltrados fogem dos EUA - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 4 dez 2020, 17:30

Mais de mil cientistas chineses infiltrados fogem dos EUA

4 dez 2020, 17:30

Em meio a investigações do FBI, pesquisadores que ocultaram relações com o Partido Comunista deixaram o território norte-americano durante o verão

mais de mil cientistas

“Êxodo” ocorreu na esteira das prisões de seis cientistas chineses, em julho deste ano
Foto: Reprodução/South China Post

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou, na quarta-feira 2, que mais de mil pesquisadores chineses que esconderam relações com o Partido Comunista fugiram dos EUA durante o verão no país. O caso veio à tona depois de investigação feita pelo Federal Bureau of Investigation, o FBI. De acordo com técnicos do órgão, esses profissionais estavam a serviço da espionagem da ditadura do secretário-geral Xi Jinping. O “êxodo” dos profissionais ocorreu na esteira das prisões de seis cientistas chineses, em julho deste ano, acusados ​​de mentir em seus pedidos de visto sobre os laços que possuíam com o Exército de Libertação Popular chinês.

Esse grupo menor foi acusado de roubar propriedade intelectual norte-americana e aguarda julgamento. À época, um deles tentou refugiar-se no consulado da China em São Francisco, mas foi detido em seguida. Tão logo soube do ocorrido, o governo chinês determinou a seus diplomatas que alertassem os demais pesquisadores nos EUA sobre a investigação do FBI. Conforme noticiou o jornal The Washington Post, as orientações do Partido Comunista incluíram limpar dispositivos eletrônicos, excluir bate-papos em redes sociais e deixar o país. Atualmente, o FBI suspeita que a escala da atividade chinesa em território norte-americano é bem maior do que se pensava inicialmente.

Leia também: “Jornais brasileiros receberam patrocínio da ditadura chinesa”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 Comentários

  1. Está aí o grande perigo que uns fingem não ver e outros tentam mascarar, inclusive parte da grande midia brasileira que tem outras agendas e interesses.

    Responder
    • Imagine o que não deve ter desses infiltrados aqui trazido pelo desgovernador paulistano. Não à toa sua obsessão pela vachina e pelo poder máximo. Ele vai fazer muito estrago até 2022 quando tentará vencer no tapetão custe o que custar já contando com esses infiltrados pelo país, o esseteefe lixo e a esquerda toda.

      Responder
  2. Sempre ouvi comentários de que nada acontece na China sem o beneplácito do PCCh. Um cidadão que deseja se especializar no exterior, tem que ter a autorização deste partido que controla tudo naquele país. Agora, será que esses americanos são tão estúpidos a ponto de acreditarem que esses “pesquisadores” estavam lá, apenas para se especializarem e que não tinham relação alguma com o PCCh? Ah…Contem outra, vai!…

    Responder
  3. A China é um grande perigo para a civilização ocidental.

    Responder
  4. Se infiltram, roubam tecnologia, descobrem quem são os corruptos, compram os corruptos e aos poucos vão tomando conta do país! Dória que o diga! Grande imprensa que o diga! Políticos que o digam.

    Responder
  5. Se lá é assim, imaginem aqui. A China já está comprando terras na África para poder começar a produzir alimentos para China, só que ela usam a tecnologia da EMBRAPA. Conseguiram por acordo ou foi roubado?

    Responder
  6. Se bobear, virão TODOS para cá. Só não enxerga quem não quer ver.

    Responder
  7. Os chineses não são fáceis, está parecendo roteiro de filme de 007. Kkkkkkkkkkkkk

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O partido contra o Brasil

Ninguém ainda descobriu no planeta um jeito tão eficaz de concentrar renda quanto a fórmula usada para administrar as contas públicas no país

A paciência acabou

Os brasileiros começam a reagir à cassação dos direitos individuais

Os novos senhores do mundo

Os gigantes da tecnologia censuram Trump, fazem o que bem entendem e exercem um poder global desmedido. Isso é justo?

Eficácia

“Você demorou muito a comprar. Eficácia depende de rapidez” / “Poxa… Se eu soubesse teria comprado mais rápido. Ando muito dispersivo”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Como surgiu o novo coronavírus?

A resposta mais provável, até o momento: o vírus teve origem em pesquisas com manipulação genética no Instituto de Virologia de Wuhan

Globalistas assanhados com Biden

Eles não costumam viver de fatos, apenas de narrativas. Adotam a visão estética de mundo, e por isso a ONU é seu maior símbolo

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês