Mais um pedido de impeachment nas costas de Doria - Revista Oeste

Edição da semana

Em 22 abr 2020, 08:45

Mais um pedido de impeachment nas costas de Doria

22 abr 2020, 08:45

Segundo os signatários do documento, o governador de São Paulo cometeu crime de responsabilidade

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) | Foto: WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Deputados estaduais do PSL paulista devem protocolar hoje um pedido de impeachment contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). A peça é assinada pelos parlamentares Gil Diniz, Major Mecca, Frederico D’Ávila, Douglas Garcia e Valéria Bolsonaro.

“Amanhã vamos protocolar o impeachment de Doria e um PDL para sustar o decreto de quarentena no Estado de São Paulo. Teremos uma coletiva de imprensa amanhã na Alesp, onde anunciarão a redução de salário dos parlamentares”, anunciou ontem no Twitter o deputado Gil Diniz.

Segundo os signatários do documento, o governador cometeu crime de responsabilidade. Entre as alegações está o monitoramento da população por meio de parceria com empresas de telefonia. Conforme noticiou Oeste, esses contratos foram alvo do Ministério Público Federal.

Os deputados do PSL também acusam Doria pela suposta “montagem de hospital temporário de campanha com valor abusivo e desarrazoado”. A denúncia se refere aos leitos de campanha erguidos no complexo esportivo Constâncio Vaz Guimarães, no valor de R$ 42 milhões.

Saiba mais

Não é a primeira vez que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), é alvo de um pedido de impeachment. No início deste mês, o senador Major Olímpio (PSL-SP) protocolou dois processos contra o tucano na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Um deles afirma que Doria cometeu crime de responsabilidade, ao bloquear a rua onde mora no Jardim Europa (bairro paulistano) para impedir o acesso de eventuais protestos. Não só, o governador teria utilizado, indevidamente, uma aeronave da Polícia Militar.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. E um vídeo que circula nas redes sociais onde um sujeito mostra o Diário Oficial de São Paulo do dia 21 de março, onde se lê: “Considerando que, segundo órgãos da Saúde Pública, durante a situação da pandemia, qualquer cadáver, independente da causa da morte ou da confirmação de exames laboratoriais deve ser considerado um portador potencial de infecção por Covid-19.” Essa determinação publicada no inicio da quarentena não supõe que os números divulgados por São Paulo seriam manipulados propositadamente? Inflando artificialmente a quantidade de pessoas mortas não daria margem para o governo do estado solicitar mais recursos da união e reafirmar o discurso do governador, não só contra o governo, mas também justificando as medidas restritivas adotadas? E os conselhos federal e estadual de medicina, porque nunca se pronunciaram a respeito? Gostaria que a Oeste, desse vazão as esses meus questionamentos e se posicionasse a respeito. A não ser em última hipótese que o vídeo seja fake, que acho difícil, porque a imagem é clara.

    Responder
  2. LulaDoria: um tiranete medíocre. Pinóquio marqueteiro.

    Responder
  3. Se for, já vai tarde.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O crime acima de todos

Não é que as instituições estejam funcionando mal, ou passando por alguma anomalia — ao contrário, elas são organizadas de maneira a tornar inevitáveis resultados como o que beneficiou André do Rap

O “cancelamento” contra a arte

Caso a sociedade se submeta a essa versão gourmetizada do stalinismo, nossos filhos e netos não terão o que ler, ouvir ou assistir

A segunda onda de hipocrisia

Em que pesem as comprovações de ineficácia dos lockdowns, enganadores como Emmanuel Macron fingem ter um mapa de bloqueio de contágio

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

O capitalismo pode salvar o mundo?

O sistema não é uma ideologia de laboratório, como o comunismo. É uma força viva, dinâmica, que há milênios se aperfeiçoa na satisfação das necessidades humanas

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês