-Publicidade-

Possibilidade real de pacote de estímulo faz bolsas dos EUA subirem

Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse que há 'séria tentativa' de fechar acordo no Congresso para ajuda trilionária ao país.
Mercado financeiro opera em alta | Foto: Iximus/Pixabay
Mercado financeiro opera em alta | Foto: Iximus/Pixabay | mercado, alta, mercado financeiro

Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse que há ‘séria tentativa’ de fechar acordo no Congresso para ajuda trilionária ao país

mercado, alta, mercado financeiro
Mercado financeiro opera em alta | Foto: Iximus/Pixabay

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nessa quarta-feira, 30.que há uma “séria tentativa” de fechar o pacote de estímulos de mais de US$ 1,5 trilhão no Congresso.

Com isso, as principais bolsas americanas abriram em alta nesta quinta, 1º  de outubro. Ainda hoje devem sair dados sobre o auxílio-desemprego por lá e os PMIs (indicadores de atividades econômicas) tanto americano, quanto do Brasil.

Já nessa sexta-feira, 2, sai o Payroll, principal termômetro da economia americana, que inclui toda força de trabalho, excluindo o setor primário, e mede quantas pessoas estão empregadas e recebem salário nos Estados Unidos. Será a última vez que o dado é divulgado antes das eleições presidenciais de 3 de novembro.

Na Europa, o dia tende a ser de estabilidade nos mercados. Se o PMI dos países europeus50 veio bom, a briga entre a União Europeia e o Reino Unido por causa do Brexit faz com que os negócios permaneçam no zero a zero.

A Bolsa de Tóquio não operou por problemas técnicos e as outras bolsas asiáticas permaneceram fechadas por causa de um feriado.

No Brasil, a boa notícia foi o acordo entre Banco do Brasil e o banco suíço UBS, que vão montar uma plataforma de investimentos por aqui.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês