Michelle Bolsonaro testa positivo pra covid-19 - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 30 jul 2020, 14:53

Michelle Bolsonaro testa positivo pra covid-19

30 jul 2020, 14:53

De acordo com o Palácio do Planalto, o estado de saúde da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é bom e que ela seguirá todos os protocolos para combater a covid-19

Michelle covid-19

Primeira-dama está com os sintomas leves da doença | Foto: Edu Andrade/Estadão Conteúdo

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, testou positivo para a covid-19. Em nota, o Palácio do Planalto disse ainda que o estado de saúde de Michelle é bom e que ela seguirá “todos os protocolos estabelecidos” para tratamento da doença.

Além disso, o Executivo afirmou que Michelle está sendo acompanhada pela equipe médica da Presidência da República.

O presidente Jair Bolsonaro também contraiu a doença. Ele anunciou o resultado positivo do teste no último dia 7, e permaneceu por quase três semanas na residência oficial do Palácio da Alvorada. No último sábado, 25, informou que estava recuperado.

Logo após a contaminação do presidente, Michelle chegou a realizar um exame. Contudo, naquela ocasião, o resultado deu negativo para a doença.

Outros casos

Mais cedo, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, confirmou que também foi contaminado pelo novo coronavírus. “Vou até entrar nos testes da nitazoxanida, agora eu posso”, disse Pontes. O medicamento é um vermífugo que a sua pasta vem testando em pacientes de covid-19.

Assim como Pontes, outros quatro ministros já tiveram diagnóstico confirmado para coronavírus:

  • Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional);
  • Bento Albuquerque (Minas e Energia);
  • Onyx Lorenzoni (Cidadania);
  • Milton Ribeiro (Educação).

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 Comentários

  1. E claro que iria pegar.
    O Bolsonaro não se importou nem com ele,ainda mais com os outros.
    Que dia que eu fosse um homem,iria por a minha família em risco como ele fez.
    Um desorientado e louco!

    Responder
    • O bom é ver que sempre tem alguém para julgar o Bolsonaro. Queria ver sr fosse o palmito Jussara no lugar dele como iria fazer. Recalque é foda!

      Responder
      • Palmito! Kkkkkkkkkk

        Responder
    • Idiota não tem sexo.

      Responder
  2. Que não tenha qualquer risco a nossa primeira Dama.
    Estamos rezando dona mulher maravilha!

    Responder
  3. Caros amigos…o negocio é não dar bola para o que falam as Jujus da vida (juju é por ser juxxnta)…
    A primeira dama é uma mulher relativamente jovem, não tem qualquer comorbidade (é o nome chique para quem tem outras doenças), e, com certeza, já está sendo medicada com os protocolos que todos sabemos – HCQ + Azitromicina + Zinco ; e vai tirar de letra…em menos de 20 dias estará curada…querem apostar?
    Assim como o PR JB, muitas outras pessoas já foram curadas com esse protocolo…com ela não será diferente!
    Pode escrever….

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês