Milhão de mortos por covid e debate americano "empacam" mercados hoje

Edição da semana

Em 29 set 2020, 09:34

Milhão de mortos por covid e debate norte-americano “empacam” mercados hoje

29 set 2020, 09:34

Novas restrições pela Europa levaram as bolsas a ficar bem próximas da estabilidade e o petróleo a cair pelo medo de falta de demanda

mercado financeiro, instabilidade, ações

Mercado financeiro tende à estabilidade | Foto: Nick Chong/Unsplash

As bolsas de valores dos Estados Unidos e da Europa abriram com resultados próximos da estabilidade nesta terça-feira, 29.

O resultado advém da cautela dos mercados por causa das novas restrições impostas no Velho Continente pelo medo de uma segunda onda de coronavírus, no dia em que o mundo chega a 1 milhão de mortos pela doença. A Holanda voltou com as restrições a bares e restaurantes. A Alemanha limitará o número de participantes em reuniões públicas e privadas. E Moscou fechou as escolas.

Com isso, o petróleo está em queda, por medo de nova falta de demanda com a volta dos isolamentos sociais.

O cobre, que serve como “termômetro” das atividades industriais pelo mundo, teve uma desvalorização enorme esta semana, aumentando ainda mais a preocupação dos investidores.

A notícia boa da Europa é que a libra está subindo frente ao dólar com expectativas positivas do mercado sobre as negociações comerciais do Brexit.

Nos Estados Unidos, o pacote de estímulos à economia continua a ser negociado, mas todos os jornais do dia destacam o debate de hoje entre Donald Trump e Joe Biden.

Aqui no Brasil, o governo deve desistir do uso de precatórios para bancar os R$ 35 bilhões necessários para o Renda Cidadã, após nova polêmica para o financiamento do programa social.

E ainda nesta terça o Ministério da Economia deve entregar a proposta de Orçamento para 2021, que determinará os rumos da retomada brasileira para o ano que vem.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

As piores eleições do mundo

A cura para a desgraça que são as eleições brasileiras é um conjunto de meia dúzia de providências simples como a tabuada

EUA — O que está em jogo

Em confronto, duas visões antagônicas sobre temas como geopolítica e comércio internacional, impostos e saúde, clima e energia, China e Oriente Médio

Meio ambiente é causa conservadora

Conservadores não podem se eximir da responsabilidade e reforçar a ideia de que preservação ambiental é pauta da esquerda

O plebiscito dos mentecaptos

Acaba o auxílio emergencial, mas começa a campanha emocionante do Ricardo Barros pelo plebiscito — e emoção é alimento espiritual

Nova Constituição para quê?!

Uma Carta ruim como a nossa deve ser reformada, e não anulada para que outra seja escrita. Essa é a solução conservadora

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 32 — 30/10/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês