Ministro da Saúde questiona suspensão de aulas no Distrito Federal - Revista Oeste

Edição da semana

Em 12 mar 2020, 15:54

Ministro da Saúde questiona suspensão de aulas no Distrito Federal

12 mar 2020, 15:54

Para Luiz Henrique Mandetta, decisão pode aumentar o risco de transmissão do coronavírus aos idosos

A medida do governo local foi adotada logo após a Organização Mundial da Saúde ter decretado pandemia mundial de coronavírus na quarta-feira, 11.

O texto publicado no Diário Oficial do Distrito Federal também cita que a “saúde é direito de todos e dever do Estado”.

“Você sabe que a criança é assintomática ou tem de forma leve. Vamos proteger as crianças para não pegarem gripe, vamos mandar para a casa dos avós. Depois de uma semana, dez dias, os idosos começarão a procurar unidades de saúde, em bloco”, afirmou Mandetta.

Até o momento, Brasília tem dois casos confirmados, além de outras 91 pessoas em observação, de acordo com a Agência Brasil.

Cerca de 500 mil alunos serão afetados pela paralisação.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês