Ministro do STJ autoriza buscas contra Witzel por ver risco de destruição de provas - Revista Oeste

Em 26 Maio 2020, 15:57

Ministro do STJ autoriza buscas contra Witzel por ver risco de destruição de provas

26 Maio 2020, 15:57

Operação Placebo apura suspeitas de desvios na Saúde do Rio de Janeiro

Foto: Governo do Rio de Janeiro

O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça, viu risco de destruição de provas e, por isso, autorizou operação de busca e apreensão contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

Nesta terça-feira, 26, a Polícia Federal deflagrou a Operação Placebo, que apura a suspeita de desvios na Saúde do RJ durante a pandemia de coronavírus.

Foram 12 mandados de busca e apreensão, um deles no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador, e outro na casa de Witzel.

“Eventuais documentos comprobatórios das práticas ilícitas podem ser destruídos pelos investigados, sendo típico que os indícios desses delitos normalmente sejam eliminados pelos seus autores”, afirmou o ministro do STJ na decisão obtida por Oeste.

Benedito Gonçalves também disse que “alguns investigados” têm “conhecimento jurídico”, o que tornaria “bastante difícil” a obtenção de provas. Antes de ser governador, Wilson Witzel foi juiz.

“Assim, a medida cautelar se mostra imprescindível em razão da necessidade de assegurar a preservação de elementos comprobatórios de materialidade e autoria delitivas”, afirmou Benedito Gonçalves.

Em pronunciamento, Wilson Wilzel negou irregularidades.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. ⏳💾💬🤯🔥💨
    Imaginem a correria nos bastidores das ditaduras provincianas?
    🎯 Quem será o próximo??
    🤗

    Responder
  2. Dória deve estar preocupado. Só acho…

    Responder
  3. Witzel não quer quebrar a tradição dos governadores e deseja passar uma temporada em “Bangu”. Nada de mais…é o que ele merece.
    Contando os dias pra ver o Doria nesse caminho.

    Responder
  4. Personagens com “conhecimento jurídico” podem destruir provas ou tentar fabricar alguma. O problema é que é difícil fechar todas as pontas. Basta uma dar errado e todo o resto desmorona. Ceará e São Paulo devem ser os próximos.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias