A duas semanas das eleições, empresários são detidos na Nicarágua

Ditadura de Daniel Ortega, que será candidato ao quarto mandato seguido, já prendeu mais de 40 pessoas neste ano
-Publicidade-
O presidente do Conselho Superior da Empresa Privada (Cosep), Michael Healy, foi detido
O presidente do Conselho Superior da Empresa Privada (Cosep), Michael Healy, foi detido | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A pouco mais de duas semanas das eleições presidenciais na Nicarágua, dois dos mais influentes líderes empresariais do país foram presos pela ditadura de Daniel Ortega nesta quinta-feira, 21. O presidente e o vice-presidente do Conselho Superior da Empresa Privada (Cosep), Michael Healy e Álvaro Vargas, são investigados por lavagem de dinheiro, segundo as autoridades locais.

“Estão sob investigação por praticar atos que comprometem a independência, a soberania e a autodeterminação, incitar a ingerência estrangeira nos assuntos internos, solicitar intervenções militares e organizar-se com financiamento de potências estrangeiras para realizar atos de terrorismo”, informou a Polícia Nacional da Nicarágua em nota.

-Publicidade-

A prisão de Healy aconteceu pouco depois de o empresário ter deixado a sede do Ministério Público, onde havia sido convocado para prestar depoimento. Ao entrar em seu carro, ele foi perseguido por policiais armados e acabou detido. Desde o início do ano, mais de 40 pessoas foram encarceradas no país, entre líderes de oposição, ativistas, jornalistas e empresários.

Ortega, de 76 anos, governa a Nicarágua desde 2007. Em seu governo, foi aprovada a possibilidade de reeleição indefinida, sem limites. Ele tentará a sua terceira reeleição consecutiva para um quarto mandato de cinco anos de duração, tendo sua esposa, Rosario, como vice. O pleito está marcado para o dia 7 de novembro.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Tal como aqui, prendem todos que eles não gostam ou não pensão igual a eles, e alegam, atos antidemocráticos, atentado contra a constituição, mimimimimi….

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.