Airbnb abre as portas para refugiados afegãos

Plataforma conta com a parceria dos anfitriões para receber as pessoas; todos os custos ficarão por conta do aplicativo
-Publicidade-
Pessoas tentam sair da capital do Afeganistão pelo aeroporto | Foto: Reprodução/redes sociais
Pessoas tentam sair da capital do Afeganistão pelo aeroporto | Foto: Reprodução/redes sociais

O Airbnb, maior serviço de aluguel de imóveis por temporada do mercado on-line, se comprometeu a abrigar 20 mil afegãos refugiados gratuitamente.

A notícia foi dada ontem, terça-feira 24, pelo CEO da plataforma, Brian Chesky, por meio de sua conta no Twitter: “A partir de hoje, o Airbnb vai abrigar 20 mil afegãos refugiados de graça”.

Para alcançar a meta, o executivo conta com a parceria dos anfitriões do Airbnb para que abram suas casas a fim de receber os refugiados. Todos os custos ficarão por conta do aplicativo.  “O deslocamento e a relocação de refugiados afegãos nos Estados Unidos e em outros lugares do mundo é uma das maiores crises humanitárias dos nossos tempos. Sentimos a responsabilidade de fazer algo quanto a isso”disse Chesky em uma série de tuítes feitos em sua conta.

“ONU denuncia execuções sumárias cometidas pelo Talibã”

A ação faz parte do Airbnb.org, um programa sem fins lucrativos que desde 2012 já abrigou 75 mil pessoas que perderam suas casas para desastres naturais e outros tipos de crises.  Até o momento, Chesky e o Airbnb não informaram por quanto tempo a empresa vai oferecer o apoio aos refugiados afegãos.

“Talibã proíbe população afegã de sair do Afeganistão” 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro