Alemanha deve ter a pior recessão em meio século

Antes do coronavírus, a previsão era de crescimento do PIB de 1,1% neste ano.
-Publicidade-
Foto: Stephan-Roehl/Heinrich-Böll-Stiftung
Foto: Stephan-Roehl/Heinrich-Böll-Stiftung

Antes da eclosão do coronavírus, a previsão era de crescimento do PIB de 1,1% neste ano

Foto: Stephan-Roehl/Heinrich-Böll-Stiftung

O ministro da Economia da Alemanha, Peter Altmaier, disse nesta quarta-feira, 29, que o país pode enfrentar a pior recessão desde 1970 em consequência da crise causada pelo novo coronavírus.

-Publicidade-

A estimativa é que a maior economia da Europa tenha, neste ano, um recuou de 6,3% no Produto Interno Bruno. “Vamos viver a pior recessão na história da República da Alemanha”, afirmou Altmaier.

Os piores resultados são esperados para o segundo trimestre. De acordo com institutos econômicos, nesse período o PIB alemão vai retroceder 10%, um número nunca visto na história recente.

Como registra a agência France-Presse, as exportações, pilar da economia alemã, serão especialmente afetadas pela crise. O governo estima que as vendas para o exterior se reduzirão em 11,6% em 2020 e subirão 7,6% em 2021.

Com a flexibilização “progressiva e moderada” do confinamento, os alemães projetam uma recuperação econômica em 2021, com crescimento de 5,2%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.