Ambientalistas na Itália colam as mãos em pintura de Botticelli

Os manifestantes foram retirados à força do museu e estão proibidos de voltar a Florença por pelo menos três anos
-Publicidade-
O grupo ativista publicou nas redes sociais vídeos da manifestação contra as mudanças climáticas
O grupo ativista publicou nas redes sociais vídeos da manifestação contra as mudanças climáticas | Foto: Reprodução/ La Repubblica

Dois militantes do movimento Ultima Generazione (“Última Geração”, em português) colaram suas mãos no vidro que protege a pintura A Primavera, do artista italiano Sandro Botticelli (1445–1510). O ato ocorreu no principal museu renascentista do mundo, a Gallerie Degli Uffizi, em Florença, cidade da Itália.

O grupo ativista publicou nas redes sociais vídeos que mostram um homem e uma mulher colando as próprias mãos na obra, pintada há mais de 540 anos. É possível ver também uma terceira ambientalista, que ajuda a posicionar uma faixa em que está escrito “Última Geração, Sem Gás, Sem Carvão”.

Os seguranças do museu retiraram os manifestantes à força. De acordo com o jornal italiano Corriere Della Sera, o trio foi levado para a delegacia e está impedido de voltar a Florença por pelo menos três anos.

Em uma postagem no Twitter, o grupo Ultima Generazione defendeu o ato e afirmou que, “se o clima entrar em colapso, toda a civilização como a conhecemos entra em colapso. Não haverá mais turismo, nem museus, nem arte”.

Casos frequentes

Nos últimos meses, outros casos de ativistas grudando as mãos em quadros históricos repercutiram na mídia. Em julho, dois ativistas do movimento Just Stop Oil, que pede o fim de novas extrações de petróleo e gás, colaram as próprias mãos em uma pintura de Vincent van Gogh (1853-1890), como forma de protesto. A obra está exposta na Galeria Courtauld, em Londres, na Inglaterra.

Militantes do movimento ambientalista Just Stop Oil colaram as mãos na moldura do quadro A Última Ceia, do pintor Leonardo da Vinci, na Royal Academy of Arts, de Londres, no último dia 5. Sob a obra, o grupo de esquerda pichou a seguinte mensagem na cor branca: “Sem óleo novo”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários Ver comentários

  1. Idiotas…… Estragaram aquilo que nunca serão capazes de fazer… O famoso “espírito de porco”. Todas essas obras devem ser colocadas atrás de vidros como o da Monalisa. Imaginem as esculturas romanas belíssimas que estão no Louvre e outras nas ruas na mesma Florença? De Michelangelo???

  2. Faça esta análise, qdo vc vê alguém defendendo desesperadamente uma causa, inevitavelmente este alguém de alguma forma, está obtendo lucro desta defesa tão veemente. A pergunta neste caso é, quem está por traz destes dois idiotas lucrando muito com views, bolsa, aposta, mídia, e etc???

  3. Eu proporia algo mais simples para retirar os manifestantes: se eles querem deixar as mãos coladas no quadro, que a polícia corte as mãos deles e deixem lá coladas e eles podem voltar para casa felizes e alegres mas sem suas mãos. Simples assim.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.