-Publicidade-

Antes de deixar o cargo, Trump proíbe a deportação de venezuelanos

O texto acusa o ditador Nicolás Maduro de ter causado a maior crise humanitária do hemisfério ocidental
Washington,  DC 20 08 2020 O presidente Donald J. Trump, acompanhado pelo vice-presidente Mike Pence, participa de uma reunião bilateral com o primeiro-ministro Mustafa Al-Kadhimi da República do Iraque na quinta-feira, 20 de agosto de 2020, no Salão Oval da Casa Branca. (Foto oficial da Casa Branca por Tia Dufour
Washington, DC 20 08 2020 O presidente Donald J. Trump, acompanhado pelo vice-presidente Mike Pence, participa de uma reunião bilateral com o primeiro-ministro Mustafa Al-Kadhimi da República do Iraque na quinta-feira, 20 de agosto de 2020, no Salão Oval da Casa Branca. (Foto oficial da Casa Branca por Tia Dufour
O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump | Foto: Tia Dufour/Casa Branca

Na terça-feira 19, véspera da posse de Joe Biden na Casa Branca, o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, determinou a proibição da deportação — por 18 meses a partir de 20 de janeiro — de venezuelanos e estrangeiros que tenham residido na Venezuela. A medida não contempla cidadãos que retornaram à sua nação de origem de forma voluntária, que sejam considerados um risco à segurança pública, que tenham sido condenados em razão de crime ou mais de uma contravenção em solo norte-americano, que foram deportados antes da data ou estejam sujeitos a extradição.

Trump justificou sua decisão ao afirmar que Nicolás Maduro tem um governo autocrático, que viola sistematicamente as liberdades soberanas do povo venezuelano e causou a maior crise humanitária do hemisfério ocidental. O texto também  informa que a crise econômica local e a consequente escassez de produtos básicos e medicamentos forçaram cerca de 5 milhões de habitantes a fugir da Venezuela em condições muitas vezes perigosas.

Leia também: “Trump: ‘Nosso movimento está apenas começando'”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês