Ao ser chamado de ‘assassino’ por Biden, Putin responde: ‘Um se reconhece no outro’

Ataques do presidente dos Estados Unidos elevaram a tensão entre os dois países
-Publicidade-
A porta-voz da Casa Branca comunicou que o democrata não se arrepende das declarações que fez
A porta-voz da Casa Branca comunicou que o democrata não se arrepende das declarações que fez | Foto: Divulgação/Flickr

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, respondeu às ofensas de Joe Biden. De acordo com o democrata, o governante estrangeiro é um “assassino sem alma”. As ofensas elevaram a tensão entre os dois países. “Sempre vemos nossos próprios traços em outras pessoas e achamos que elas são como nós somos, na verdade. E como resultado, avaliamos as atividades [de uma pessoa] e fazemos avaliações”, declarou Putin, a um canal de televisão estatal, na quinta-feira 18. “Lembro de minha infância, quando discutíamos no pátio costumávamos dizer ‘um se reconhece no outro’. E isto não é uma coincidência, não é só um ditado de crianças ou uma piada”, acrescentou o líder russo.

Putin afirmou, ainda, que os comentários de Biden revelam que o novo governo dos Estados Unidos não quer pacificação. Além disso, garantiu ter convocado o embaixador de seu país para uma conversa com o secretário de Estado norte-americano. No fim da entrevista, Putin ironizou: “Como Biden disse, nós nos conhecemos pessoalmente. O que eu responderia a ele? Eu diria: desejo saúde a você. Desejo saúde a você. Digo isso sem ironia ou piada”. A vez mais recente em que os dois presidentes conversaram por telefone foi em 26 de janeiro, dias depois da posse de Biden. A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, comunicou que o democrata não se arrepende das declarações que fez.

-Publicidade-

Leia também: “Por que os democratas querem os imigrantes ilegais”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 49 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.