Após atos de vandalismo, polícia britânica restringe protestos contra racismo

Em Londres, as manifestações só poderão ocorrer em área determinada e com horário limite
-Publicidade-
Acima: vandalização contra a estátua de Winston Churchill na Praça do Parlamento, em Londres. No topo, Churchill, Cristovão Colombo e Borba Gato, personagens cuja história tem sido atacada por “revisionistas”
Acima: vandalização contra a estátua de Winston Churchill na Praça do Parlamento, em Londres. No topo, Churchill, Cristovão Colombo e Borba Gato, personagens cuja história tem sido atacada por “revisionistas”

Em Londres, as manifestações só poderão ocorrer em área determinada e com horário limite

Vandalização contra a estátua de Winston Churchill na Praça do Parlamento, em Londres

A polícia britânica impôs restrições à manifestação contra o racismo, programada para ocorrer neste sábado, 13, em Londres. Entre elas, está o estabelecimento da área de protesto e um horário limite.

-Publicidade-

O objetivo, segundo a agência EFE, é evitar incidentes como os que ocorreram no último fim de semana, quando manifestantes pintaram várias estátuas – entre elas, a do ex-primeiro ministro britânico Winston Churchill, com a frase “era um racista”.

Depois de ser pichada, a estátua de Churchill em frente ao Parlamento, em Londres, foi coberta por tapumes no intuito de proteger o monumento. Ao comentar a questão, o primeiro-ministro do país, Boris Johnson, classificou o risco de um possível ataque à estátua como “absurdo” e “vergonhoso”.

Na edição 12 da Revista Oeste, leia o artigo de Bruno Garschagen : Os ataques a Churchill e o que temos a ensinar aos ingleses

Como medida de precaução e para evitar incidentes entre os grupos, a Polícia impôs ao “Black Lives Matter” uma área específica para protestar, entre a Trafalgar Square e Hyde Park, no centro da capital britânica.

A polícia determinou que, às 16h [horário local], os manifestantes deverão se retirar do local, especialmente da área de Whitehall, na zona do governo e perto do Parlamento.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro