Após fala polêmica, presidente da Argentina comete outra gafe

Alberto Fernández 'pede' que argentinos 'vão e se contagiem', ao falar sobre covid-19
-Publicidade-
O presidente argentino: nova gafe, desta vez, sobre a pandemia
O presidente argentino: nova gafe, desta vez, sobre a pandemia | Foto: Divulgação/Casa Rosada

Depois de uma frase polêmica na quarta-feira 9, em que disse que “os mexicanos vieram dos indígenas, os brasileiros, da selva” e os argentinos de “barcos vindos da Europa”, e pela qual pediu desculpas, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, cometeu uma nova gafe, nesta sexta-feira 11.

Durante um discurso em que anunciava novas restrições para conter a pandemia da covid-19 no país e pedia para que os argentinos apelassem às vacinas, Fernández disse: “Por favor, vão e contagiem-se”. Apesar de perceber o erro rapidamente e se corrigir, dizendo: “Perdão! Vão e se vacinem, evitem o contágio! Evitem o contágio!”, a frase acabou viralizando e chegou a ser um dos assuntos mais comentados no Twitter argentino.

-Publicidade-

Leia também: “Derrete a popularidade do presidente da Argentina”

Com informações do site O Antagonista e do jornal El País Uruguay

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site