-Publicidade-

Argentina não descarta novo ‘lockdown’ no país

Segundo o presidente Alberto Fernández, o risco de paralisação geral existe
O presidente da Argentina, Alberto Fernández, pensa em adotar novas medidas de isolamento social
O presidente da Argentina, Alberto Fernández, pensa em adotar novas medidas de isolamento social | Foto: Divulgação/Twitter

O governo da Argentina estuda decretar toque de recolher noturno na região metropolitana de Buenos Aires. Além disso, não descarta implementar um novo lockdown no país, com a justificativa de combater o aumento de casos de covid-19.

“O risco de que tudo volte a ser paralisado existe. Ninguém quer que isso aconteça”, afirmou o presidente do país, Alberto Fernández, durante um evento realizado nesta segunda-feira, 4, ao falar sobre a possibilidade de adoção de novas políticas para conter o novo coronavírus.

A medida deve ser discutida em reunião que ocorrerá na quarta-feira 6 e contará com a presença de Fernández, do governador de Buenos Aires, Axel Kicillof, e do prefeito da capital, Horacio Rodríguez Larreta.

Leia também: “Na Argentina, vacina russa provoca 317 ‘eventos adversos’”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês