Atividade econômica na Zona do Euro cai e sugere recessão

Pelo quarto mês seguido, indicador ficou abaixo da marca que indica crescimento
-Publicidade-
Pelo quarto mês seguido, PMI ficou abaixo do índice de crescimento
Pelo quarto mês seguido, PMI ficou abaixo do índice de crescimento | Foto: Reprodução/Pixabay

A divulgação do índice de atividade econômica de outubro sugere que a Zona do Euro, possivelmente, entrará em recessão.

O Purchasing Managers Index (PMI), ou Índice dos Gerentes de Compras, que mede a saúde econômica do setor manufatureiro, caiu neste mês de 48,1 para 47,1, de acordo com dados preliminares divulgados nesta segunda-feira, 24, pela S&P Global. A expectativa do mercado era que o PMI ficasse em 47,5.

O PMI deste mês foi o quarto seguido abaixo da marca de 50, que separa crescimento da contração econômica, e é o índice mais baixo desde novembro de 2020.

-Publicidade-

Com a crise econômica, especialmente pela escassez de energia e alta desenfreada dos preços, a atividade empresarial vem se contraindo no ritmo mais rápido em quase dois anos. O aumento do custo de vida mantém os consumidores cautelosos e diminui a demanda, o que desacelera a produção industrial.

O analista Andrew Kenningham, da Capital Economics, disse à agência Reuters, que os dados preliminares relativos ao PMI de outubro “fornecem ainda mais evidências de que a Zona do Euro está deslizando para uma recessão bastante profunda, mas que as pressões inflacionárias continuam intensas”.

A inflação nos países que adotam a moeda única atingiu 9,9% em setembro, mais um recorde de uma taxa crescente desde meados de 2021.

Para tentar combater a inflação — que está quase cinco vezes superior à meta —, o Banco Central Europeu começou a aumentar as taxas de juros e a expectativa é de novo aumento de 0,75 ponto porcentual na quinta-feira 27.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

    1. Exatamente. O doente cortou o tubo de oxigênio e agora está a morrer por asfixia. Danem-se, terão o que já merecem de há longo tempo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.