Atuação da máfia durante a pandemia preocupa a Itália

Nos últimos dias, a Polícia de Nápoles intensificou a sua presença nos bairros pobres da cidade após a descoberta que a Gamorra, a máfia napolitana, estava organizando distribuição de comida
-Publicidade-
Vista de Nápoles, uma cidade com forte presença da máfia
Foto: Antuang/Wikimedia
Vista de Nápoles, uma cidade com forte presença da máfia Foto: Antuang/Wikimedia | Vista de Nápoles, uma cidade com forte presença da máfia

Os grupos criminosos estão distribuindo alimentos para famílias pobres que estão sendo muito afetadas pela pandemia do coronavírus

Vista de Nápoles, uma cidade com forte presença da máfia
Vista de Nápoles, uma cidade com forte presença da máfia
Foto: Antuang/Wikimedia
-Publicidade-

Enquanto muitas famílias italianas estão sofrendo em razão da crise econômica causada pela pandemia do coronavírus, a Máfia ganha apoio ao distribuir alimentos para famílias pobres que estão sem dinheiro em meio à quarentena. Isso está alarmando as autoridades.

Nas últimas semanas, começaram a surgir vídeo de mafiosos entregando mantimentos para famílias carentes das regiões da Campânia, Calábria, Sicília e Puglia, informa o The Guardian.

“Por mais de um mês, cafés, restaurantes, bares e lojas estão fechadas”, diz o investigador especializado em máfia Nicola Graterri, da procuradoria de Catanzaro, para o jornal londrino. “Milhões de pessoas trabalham nesses setores sem registro, o que significa que eles não recebem nenhuma forma de pagamento a mais de um mês e não fazem ideia quando vão poder retornar ao trabalho. O governo até está emitindo uma espécie de voucher, mas só para quem é registrado. O estado deve logo ajudar essas famílias, ou a máfia vai providenciar os serviços e controlar as vidas delas”.

Nos últimos dias, a Polícia de Nápoles intensificou a sua presença nos bairros pobres da cidade após a descoberta que a Gamorra, a máfia napolitana, estava organizando distribuição de comida. A Justiça já começou a investigar um grupo que foi detido ao distribuir comida aos moradores locais.

Em Palermo, de acordo com o La Repubblica, um irmão de um chefe da Cosa Nostra foi visto distribuindo comida em um bairro pobre, onde a máfia é muito presente. Com a divulgação da notícia, ele afirmou em uma rede social, que estava praticando um ato de caridade e atacou o jornalista que escreveu a matéria.

“As máfias não são apenas organizações criminosas”, explica Federico Varese, professor de Criminologia da Universidade de Oxford. “Eles aspiram governar territórios e mercados. Não podemos esquecer que grande parte da força dessas organizações são graças à presença de bases locais que elas possuem”.

A distribuição de alimentos é uma prática antiga da máfia, com os chefes sendo visto com benfeitores e distribuidores de serviços essenciais.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Não importa quem esteja oferecendo alimentos. Proibir pessoas de doarem alimentos, não é correto. Se quiserem combater a máfia, que utilizem outros métodos. A doação de comida é e será sempre um gesto elogiável.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site